Dicas para organizar sua bolsa

Planejar o que vai levar consigo e usar compartimentos facilita na hora de encontrar o que precisa

Quem precisa passar muitas horas fora de casa tem de estar preparado para todo tipo de situação. Nessas horas, a bolsa ou a mochila são grandes aliadas, que permitem carregar consigo o essencial e até extras que ajudam a passar o tempo.

Contudo, para que a bolsa do dia a dia tenha tudo facilmente ao alcance das mãos, sem que seja preciso tirar o que está dentro para achar o que quer, é preciso utilizar alguns truques de organização. A seguir, confira algumas ideias para facilitar a rotina.

Nécessaires

Dentre os itens que fazem parte da bolsa de qualquer mulher, a nécessaire é uma grande aliada porque ajuda a organizar os pequenos itens. Afinal, é preciso levar diferentes produtos para encarar o cotidiano, como:

– farmacinha com analgésico, esparadrapo ou curativo adesivo, lixa de unha e absorventes higiênicos;

– maquiagem (base, batom, lápis, corretivo, pó e rímel);

– estojo com canetas, lápis, borracha e papel para anotações;

– kit costura com agulha, linha, alfinete e botão;

– kit higiene com pasta de dente, escova, fio dental, toalha de mão, espelho, pente e elástico de cabelo.

Para não perder pequenos itens dentro da bolsa e ter que ficar procurando, distribuí-los em pequenas nécessaires ajuda na hora de encontrar o que precisa.

Outros itens que passam a ser obrigatórios são máscaras de tecido para serem trocadas ao longo do dia, potinhos de álcool em gel e até luvas descartáveis. Bolsa térmica com marmita, talheres e pano de prato também pode ser disposta no dia a dia.

Bolsos internos

A maioria das bolsas conta com, pelo menos, três bolsos internos, protegidos ou não por zíperes. Eles são destinados a guardar celular, carteira, chaves de casa e outros objetos que precisam ser facilmente acessados.

A carteira deve ficar em local seguro, mas prático, dentro da bolsa. Cada pessoa deve carregar apenas o básico: alguns trocados para emergências, um cartão de crédito/débito, o vale-refeição e o documento de identidade. Mais do que isso é besteira e aumenta as chances de perder algo importante.

Documentos que precisam ser usados mais vezes ao longo do dia, como o crachá do trabalho e o cartão do vale-transporte, também podem ser colocados em bolsos da própria bolsa ou serem presos por cordões e correntes, de modo prático para sua utilização.

As chaves de casa também podem ficar escondidas em algum bolso protegido, tomando cuidado para que elas não furem o tecido interno com o atrito do dia a dia. Outro ponto importante é deixar o celular dentro da bolsa também. Passe os fones por alguma abertura, mas não deixe o aparelho visível o tempo todo para sua segurança.

Peças grandes

O clima muda rapidamente em algumas cidades do país, então, carregar uma echarpe de lã pode ser importante para proteger do vento frio do fim do dia. Dobre a peça e coloque-a no fundo da bolsa, como um forro do que vem a seguir.

O guarda-chuva dobrável também deve estar sempre na bolsa, ainda mais na época do verão. Uma boa dica é proteger o acessório com o um saco plástico. Assim, se pegar chuva pelo caminho e precisar guardar a peça, não correrá o risco de molhar os demais itens da bolsa.

Para passar o tempo, muita gente leva livros e e-readers na bolsa, além de, claro, carregador de celular ou power bank para evitar ficar sem bateria em algum momento da viagem.

Quem opta por bolsas menores ou não quer carregar tantos itens consigo pode se planejar na véspera para saber o que deixar em casa e o que é essencial levar. Se der para deixar alguns produtos guardados no trabalho, melhor ainda, pois será menos peso para carregar.

Instagram