VW e Bosch querem potencializar de fabricação de células de baterias

Empresas parceiras fornecerão soluções de digitalização, além de apoio ao crescimento

 O Grupo Volkswagen e o Grupo Bosch assinaram um memorando de entendimento visando o estabelecimento de uma provedora europeia de soluções para equipamentos para baterias. As duas empresas planejam fornecer sistemas integrados de produção para fabricantes de células e sistemas de baterias. As empresas buscam a liderança em custos e tecnologia na industrialização de tecnologia de baterias e a produção em alto volume de baterias sustentáveis e de vanguarda. Através de um enfoque de produção “local para local”, a iniciativa também representará um passo importante no sentido de uma mobilidade neutra em carbono. Apenas na Europa, o Grupo Volkswagen planeja construir seis fábricas de células até 2030.

Grupo Volkswagen & Grupo Robert Bosch

O Grupo Volkswagen e o Grupo Robert Bosch estão estabelecendo uma unidade de projetos para explorar as possibilidades de soluções em escala industrial para fabricação de baterias na Europa. O memorando de entendimento a respeito foi assinado no dia 17 de janeiro por Thomas Schmall, membro do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen encarregado da Tecnologia e CEO da Volkswagen Group Components, e Rolf Najork, membro do Conselho de Administração do Grupo Robert Bosch e presidente do Conselho Executivo da Bosch Rexroth

As duas empresas têm como objetivo fornecer toda a gama de processos e componentes necessários para a fabricação em grande escala de células e sistemas de baterias. Há uma enorme demanda por toda a indústria: apenas na Europa, várias empresas planejam construir fábricas de baterias, com uma capacidade anual de aproximadamente 700 gigawatts-hora até 2030.

Para as duas empresas, esta aliança é passo para desempenhar no futuro papéis de liderança no mundo da mobilidade elétrica. A parceria vai aproveitar áreas de expertise complementares: enquanto a Volkswagen é uma fabricante de automóveis consagrada e está à caminho de tornar-se uma grande fabricante de células de baterias, a Bosch possui um excelente know-how em automação de fábricas e integração de sistemas.

Segundo Thomas Schmall: “A Europa tem uma oportunidade única de tornar-se uma potência global em baterias nos próximos anos. Há uma demanda muito forte e crescente para todos os aspectos da produção de baterias, incluindo equipamento para novas gigafábricas. A Volkswagen e a Bosch vão explorar oportunidades para desenvolver e dar forma a essa nova e multibilionária indústria na Europa. Nossa decisão de nos envolvermos ativamente na integração vertical da cadeia de valores da fabricação de baterias vai gerar novas e consideráveis fontes de lucros. A decisão de estabelecer uma cadeia de suprimentos totalmente baseada na Europa para a mobilidade elétrica no continente certamente é uma rara oportunidade na história dos negócios.”

Rolf Najork declarou: “Junto com a Volkswagen, procuramos um caminho para industrializar processos de produção para células de baterias com equipamentos padronizados. Para isso, dispomos dos melhores pré-requisitos: a Bosch não é apenas a maior fornecedora mundial do mercado automotivo, mas também uma das fornecedoras líderes em equipamento para fábricas. Nós sabemos como a tecnologia das baterias funciona e sabemos como fabricá-las. Com mais de 135 anos de experiência automotiva e nossa comprovada expertise em industrialização, queremos atender à crescente demanda por baterias. A indústria europeia tem potencial para tornar-se líder em tecnologia para a transformação ecológica da economia.”

A Volkswagen e a Bosch criaram a nova unidade de projetos com o objetivo de preparar a constituição da nova empresa até o final de 2022.

Foto:Divulgação
Instagram