Como praticar exercícios de forma segura na pandemia?

Usar máscara facial, manter o distanciamento de pelo menos dois metros em relação a outras pessoas e carregar um recipiente contendo um pouco de álcool gel seguem sendo algumas das principais medidas

Há alguns anos, a ciência já alerta sobre a importância de praticar atividades físicas com regularidade. Alguns dos benefícios dessa prática são: melhoria da circulação, redução e controle de diabetes, boa saúde de ossos, músculos e articulações, aumento da sensação de bem-estar e redução de riscos de pressão alta.

Contudo, a pandemia colocou essas práticas em cheque e fez com que muita gente que mantinha uma rotina saudável de exercícios físicos se visse obrigada a permanecer em casa devido ao distanciamento social, reduzindo as chances de contaminação.

Nesse contexto, surgiram sites e iniciativas para ajudar as pessoas a praticarem atividades físicas em casas ou condomínios. Com a reabertura de parques nos últimos três meses, muita gente voltou a ir para essas áreas para caminhar, correr e  andar de bicicleta.

Por isso, se você ainda não voltou a praticar esportes ao ar livre por medo da contaminação, confira algumas precauções e adaptações que são necessárias para a segurança enquanto a vacina não chega.

Uso de máscara

Muita gente reclama na hora de correr ou caminhar usando máscara de proteção facial. Contudo, embora incômoda, ela é necessária e obrigatória. No estado de São Paulo, quem circular sem esse equipamento em locais públicos está sujeito a uma multa de R$ 524,59.

Pode ser difícil se acostumar com a máscara na retomada dos exercícios, mas essa é uma questão de adaptação que exige paciência. Usar o acessório é essencial para impedir que gotículas de espirros e tosses disseminem micro-organismos pelo ar, o que pode ocorrer durante a prática de atividades físicas.

Distanciamento social

Se você era daqueles que participava de um grupo de corrida ou caminhada, agora, será preciso aprender a praticar esses exercícios sozinho ou acompanhado de uma pessoa.

Caso você prefira chamar um amigo para ir ao parque, mantenha o distanciamento de, pelo menos, dois metros em relação a outra pessoa, sendo que ambos devem usar máscara. Se você decidir fazer alongamentos ao ar livre, mantenha essa mesma distância mínima.

Álcool gel

Toda vez que precisar sair de casa, é importante levar um pequeno recipiente contendo álcool gel. Essa precaução é válida, especialmente, se você vai a um parque praticar atividades envolvendo barras e outros objetos de uso compartilhado.

Outra dica é prestar atenção na existência de totens contendo o produto. É possível encontrar totens que precisam de um pisão para fornecer um pouco de álcool gel, o que é melhor, já que evita que várias pessoas apertem o recipiente manualmente.

Lave bem as mãos antes de sair de casa e assim que voltar da atividade. Se você tiver dúvidas, lembre-se de que o uso de máscaras, o distanciamento social e a higienização frequente com água e sabão ou álcool gel ainda são as principais medidas para reduzir as chances de disseminação do novo coronavírus.

Precauções

Ainda existem algumas precauções que devem ser tomadas antes de iniciar uma atividade física, especialmente, em lugares fechados. Se você tiver febre, dificuldade para respirar ou tosse, o melhor é permanecer em casa para descansar e buscar ajuda médica se houver agravamento desses sintomas.

Outra recomendação importante é começar a praticar atividades certas para reduzir o risco de lesões. A intensidade deve estar de acordo com o condicionamento físico e o estado de saúde. Se você não tem o hábito de se exercitar ou passou muitos meses parado em função da pandemia, pode ser bom começar com caminhadas e exercícios de menor impacto.

No começo, faça sessões curtas, de até 15 minutos, e vá aumentando a duração com o passar do tempo. É mais seguro permanecer ativo com regularidade por períodos breves que fazer exercícios intensos após um longo tempo parado.

Instagram