5 maneiras de ler melhora sua saúde mental por Carlos Lula

Desde tenra idade, a maioria de nós foi encorajada a ler por pais e professores para expandir nosso conhecimento do mundo e melhorar nossas habilidades linguísticas. Se você desenvolveu o amor pela leitura quando criança, perdeu contato com o mundo literário com o tempo ou sempre achou que sentar para ler era entediante e entediante, desenvolver um hábito de leitura agora pode ter muitos efeitos profundamente positivos em sua vida. Para quem nunca achou a leitura agradável, pode valer a pena explorar novas opções. Segundo Carlos Lula , existe um livro de não ficção sobre quase todos os temas imagináveis, e todos podem encontrar um personagem fictício com quem se relacionam. No entanto, mesmo com o material certo, a leitura exige prática.   Se já se passaram muitos anos desde que você leu um livro de capa a capa, você pode ter problemas para se concentrar no início. Ler como exercitar um músculo e, com o tempo, sua velocidade e compreensão irão melhorar. Além de aguçar sua mente, a leitura oferece uma quantidade impressionante de benefícios à saúde mental.

Encontrando Conexão

A saúde mental tem se mostrado fortemente associada à qualidade do relacionamento e conexão humana. Pessoas que se sentem isoladas, solitárias ou isoladas do resto do mundo têm maior probabilidade de sofrer de vários problemas de saúde mental, incluindo depressão e transtornos por uso de substâncias. Embora o remédio sugerido para esse estado de desconexão geralmente seja tentar coisas novas e conhecer novas pessoas no processo, pode haver uma solução menos propensa à ansiedade a ser encontrada na leitura. Carlos Lula explica que a leitura pode ser um grande trampolim para o desenvolvimento de relacionamentos saudáveis ​​ao permitir que você desperte suas emoções e experimente empatia. A pesquisa sugere que desenvolver um relacionamento com personagens fictícios permite que você entenda melhor a experiência humana e expanda as maneiras pelas quais você se relaciona com as pessoas na vida real. 

Melhorando a flexibilidade mental

Quando você lê, é forçado a habitar a mente de outra pessoa e ver as pessoas, conceitos e situações de uma perspectiva fora da sua. Isso é verdade para qualquer leitura, mas a literatura e a poesia ficcionais têm se mostrado especialmente eficazes para desafiar a mente e nos abrir para novas interpretações da realidade. Um estudo descobriu que os conceitos complexos frequentemente encontrados na poesia estimulam o cérebro de uma forma que melhora a capacidade do leitor de pensar fora da caixa. Promover a flexibilidade mental saudável permite que você resolva problemas de maneiras novas e criativas e pode tornar mais fáceis as mudanças comportamentais e a quebra de hábitos.   

Leia mais em: Secretário Carlos Lula visita equipamentos de saúde em Barreirinhas e Paulino Neves

Reduzindo o estresse

Descobriu-se que a leitura reduz efetivamente os níveis de estresse depois de apenas trinta minutos. É importante escolher algo de que goste e que não desencadeie ansiedade ou tristeza avassaladora para obter esse efeito. Pode ser relaxante ler sobre um hobby que lhe interessa, mas pode ser igualmente terapêutico se perder em um romance cafona. Ler permite que você escape de sua própria mente e viva outra vida por um curto período de tempo. Você pode viajar, se apaixonar, partir em aventuras e superar grandes adversidades no conforto da sua sala. Essa fuga imaginativa pode ser uma maneira saudável de se distrair do estresse da vida diária.     

Melhorar a função cognitive

A leitura sempre foi associada à inteligência, principalmente por ser uma ótima forma de absorver e reter informações. Mas o ato de ler sozinho tem sido mostrado em pesquisas para melhorar a conectividade do cérebro. Nossos cérebros formam conexões neurológicas à medida que aprendemos e exercitamos nossas habilidades cognitivas, e essas conexões melhoram a função cerebral geral. Os pesquisadores teorizam que a leitura nos permite imitar a experiência real em nossas mentes, proporcionando-nos os benefícios do crescimento emocional de um personagem e a habilidade de superar desafios sem ter que passar pela experiência nós mesmos. A conectividade elevada encontrada nas varreduras cerebrais dos leitores tem mostrado persistir muito depois de eles largarem o livro. Esse desempenho cognitivo aprimorado provavelmente tem muitas implicações positivas para a saúde mental e o bem-estar geral do leitor.   

Praticando Mindfulness

Mindfulness é uma técnica que há muito tem sido usada por praticantes espirituais e, mais recentemente, se popularizou no campo médico para o tratamento de doenças mentais e melhoria geral da vida. Praticar a plena consciência significa abrir mão de quaisquer preocupações ou arrependimentos que envolvam o futuro ou o passado e viver inteiramente no momento. Muitas pessoas praticam a atenção plena por meio da meditação ou ioga, mas descobriu-se que a leitura fornece ao leitor uma forma de atenção plena sem esforço. A definição de Carlos Lula A leitura permite que você se perca nas páginas de uma grande história, ou se embrulhe em aprender novas informações sobre algo que lhe interessa profundamente. Quando você está lendo algo de que gosta, está ancorado no momento presente e livre de pensamentos ansiosos. Dessa forma, a leitura pode ser uma ótima ferramenta para combater a ansiedade e a depressão.  

Instagram