Truques para impedir a coleta de dados e aumentar a segurança nas redes

Dicas simples te ajudam a navegar com mais privacidade

A internet revolucionou o mundo atual. Gerações mais jovens nem sequer conhecem um planeta antes da rede mundial de computadores — a famosa www ou world wide web — ter se popularizado. Em tempos de quarentena, aliás, foi esta poderosa ferramenta que possibilitou que alguns trabalhos, estudos e compras fossem mantidos.

Mas nem tudo são flores na internet. Com a popularização do uso das redes e o aumento do número de plataformas, a segurança dessa navegação tornou-se uma preocupação para muitos, em especial, no que diz respeito a comprar com segurança, utilizando dados bancários, ou utilizar dados pessoais nas redes sociais.

A insegurança com relação ao compartilhamento de dados pessoais é válida. Não é raro vermos notícias sobre fraudes e exposições da vida pessoal on-line. Mesmo assim, existem truques simples que podem te ajudar a garantir uma navegação segura, divertida e que respeite suas opções de privacidade.

Redes sociais

As redes sociais são tanto causa, quanto consequência, da popularização do uso da internet. A disseminação de plataformas como Instagram, Twitter e Facebook atrai cada vez mais usuários, de uma forma geral, para esse universo virtual.

Estudos já mostram como a forma de se relacionar, em todos os níveis, mesmo fora da internet, é bastante influenciada por esse tipo de interação. Das compras ao namoro, as redes sociais se tornaram um campo de possibilidades que não é mais território exclusivo da garotada. Pessoas de todas as idades se relacionam das mais diversas formas por meio das redes sociais.

Como a segurança na internet tem se tornado uma discussão cada vez mais popular, as próprias empresas têm se empenhado em mostrar alguma transparência com relação ao uso dos dados do usuário. Dificilmente, você criará um perfil em uma rede social sem, antes, ter que confirmar que aceita os termos de uso dela.

Ler esses termos é importante para que você tenha certeza que, de fato, concorda com  a forma que seus dados serão usados. Esse é o passo inicial para garantir que você está navegando com segurança nas redes sociais.

As próximas dicas vão estar, geralmente, na aba de configurações do seu perfil, seja no site ou no aplicativo de celular. É lá que você verifica quais computadores e celulares estão logados na sua conta. Caso tenha perdido seu telefone ou vendido um computador antigo, por exemplo, acesse essa parte para remover o login desses dispositivos.

A dica final é utilizar senhas fortes e não óbvias. Datas de nascimento, endereços postais e números de telefone jamais devem ser utilizados como senhas. É importante que a palavra-chave também contenha letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos.

Compras seguras

Assim como o uso das redes sociais, a compra pela internet gera bastantes dúvidas nas pessoas, mesmo que não seja mais uma novidade. Isso porque, além dos dados pessoais, é preciso compartilhar dados bancários. Uma dica básica é sempre comprar em lojas seguras. A boa notícia é que não é difícil identificá-las.

Procure sempre pela reputação da loja. Sites como o Reclame Aqui podem te ajudar a entender a experiência de usuários anteriores. Também considere que erros acontecem: um atraso na entrega não é o ideal, mas pode acontecer. Assim, veja como a empresa respondeu à reclamação do cliente, resolvendo o problema.

Um canal de comunicação entre o comprador e a loja também é essencial. Sites sem Serviço de Atendimento ao Consumidor, o SAC, devem passar longe do seu radar de possibilidades. É importante que você consiga contactar esse serviço mesmo antes da compra acontecer.

Pagamentos feitos com cartão de crédito são, em geral, mais seguros. Isso porque é mais fácil estornar um valor diretamente para o cartão de crédito utilizado para fazer a compra do que em depósito, boleto ou cartão de débito.

Por fim, jamais forneça sua senha. Lojas confiáveis nunca pedirão essa informação porque ela não é necessária para a realização da compra. Tudo que você precisa é digitar o número do cartão, o nome do titular, conforme aparece, e o código de segurança.

Instagram