Paredes com pintura orgânica e geométrica ganham espaço na decoração

Confira um pouco mais sobre essa tendência e como aplicá-la em casa

Investir em uma nova pintura para as paredes é uma ótima maneira de mudar a decoração interna com pouco trabalho e custo relativamente baixo. Antigamente, as tendências eram resumidas em pintar uma das paredes com uma cor diferente da usada no resto do cômodo ou usar texturas com gesso para criar elevações e padrões diferentes. Hoje, a quantidade de opções aumentou, e a tendência da vez é apostar em pinturas criativas e com personalidade.

Além de o mundo da decoração estar cada vez mais livre e experimental, a quarentena auxiliou no crescimento dessa tendência, já que muitas pessoas precisaram passar mais tempo em casa, o que aumentou a vontade de renovar e transformar esses espaços tão cotidianos em locais com uma decoração mais pessoal e que melhor refletissem os gostos e a personalidade dos moradores.

As pinturas orgânicas feitas à mão livre se tornaram sensação nas redes sociais, com o uso de cores vivas e pouco planejamento sobre o uso de uma técnica específica. Até mesmo a pintura geométrica, que poderia facilmente resultar em um estilo sério e com pouco espaço para exploração, ganha um ar criativo quando usada da maneira certa, com as formas colocadas em diferentes orientações, dando um aspecto “desalinhado” que deixa a padronagem muito mais divertida.

Esse tipo de pintura também pode ser usado para demarcar os diferentes ambientes dentro de um mesmo cômodo, especialmente em apartamentos ou casas com um conceito aberto, que tem uma quantidade menor de paredes sendo usadas como divisórias. A pintura pode ser feita sobre a cama box de casal ou de solteiro, assim como no local designado para escritório ou na parte voltada para o jantar, deixando aquele setor em evidência.

Como aplicar a tendência em casa

Reproduzir esse tipo de pintura nas paredes de casa é muito simples, e o processo pode ser feito pelos próprios moradores, com o uso de tintas com cores variadas, pincéis e rolos de tinta, além de uma escada para alcançar as partes mais altas da parede. Caso a intenção seja pintar formas geométricas, a dica é usar fita crepe ou outra fita colante e que seja de fácil retirada para demarcar o formato, garantindo que ele fique certo. Já nas pinturas à mão livre a criatividade é a ferramenta principal, e o desenho pode ser feito tanto a lápis, antes da aplicação de tinta, quanto completamente livre, com o auxílio de um pincel para ajudar a finalizar as bordas, dando um acabamento mais bonito para o formato.

As figuras, tanto geométricas, quanto com formato definido, podem ser pintadas em qualquer ponto desejado da parede e com praticamente qualquer cor. Os tons podem ser escolhidos de acordo com o restante da decoração do cômodo ou com o uso de cores complementares, assim como tons alaranjados, que destacam a entrada da luz, ou verdes, para arrematar a presença de plantas, por exemplo.

Foto: Divulgação

Instagram