4 dicas de organização da especialista Marie Kondo que servem para todos os cômodos da casa

Casa, trabalho e vida emocional, a autora de “A mágica da arrumação”, indica técnicas para nunca mais ter bagunça em todos os aspectos

Considerada uma guru da organização, a japonesa Marie Kondo ficou entre as 100 pessoas mais influentes em 2015 por conta de seu livro “A mágica da arrumação”. A repercussão da obra, que ensina táticas para manter a casa e a vida arrumadas, a levou para uma série de TV produzida pela Netflix, nomeada de “Ordem na Casa”.

Algumas das regras básicas de arrumação passadas por Marie já se tornaram conhecidas em todo o mundo e vem ajudando milhares de pessoas no quesito organização. Conheça 4 das principais dicas da especialista Marie Kondo:

Arrume por categorias

O primeiro impulso de muitos quando se deparam com a casa bagunçada é começar por um dos cômodos, mas, segundo a guru da arrumação, essa não é a prática mais eficiente, já que não guardamos todos os itens de uma categoria em um só lugar. Roupas, por exemplo, podem estar espalhadas pelo banheiro, quarto e closet, então, ao arrumar apenas um desses cômodos, será necessário reorganizar novamente ao passar para o cômodo seguinte, sem saber o que deve ser descartado e o que deve ser guardado.

Se não te faz feliz, descarte

De acordo com Marie, muitos de nós organizam a casa apenas para tirar itens e objetos de nosso campo de vista, nos esquecendo deles depois. Para ela, essa é a chave para começar uma nova bagunça. O acúmulo de coisas que não tem sentido estarem ali, por não nos agradar mais, estimula a falta de cuidado com elas. Marie diz que deve-se pegar cada um dos pertences nas mão e fazer a pergunta:  “Isso me faz feliz?”. Se a resposta for sim, o objeto pode ficar, caso contrário, o ideal é descartá-lo.

Para mobílias e objetos maiores, como mesas e cadeiras, a regra é a mesma: analise se te faz feliz. Independente do valor, a função deles é manter o seu bem-estar e conforto, não atrapalhar o dia a dia.

Cada coisa deve ter seus lugares específicos

Não é possível manter uma casa organizada se os itens não têm lugar certo para voltar depois de serem usados. Colocar todos os itens do home office em uma mesma gaveta sem divisórias no fim do dia não ajuda na hora de encontrá-los novamente, nem dá ânimo para guardá-los. Mas, se cada um dos grupos de bens tiver um lugar delimitado, como a prateleira dos livros e o recipiente das canetas, é mais fácil de compreender do espaço e aplicar a regra do “usou, devolva”.

A lavanderia, por exemplo, também pode ser organizada desta maneira. Além da máquina de lavar 12kg, o espaço pode ser organizado com prateleiras ou caixas organizadoras para armazenar os produtos de limpeza, panos, entre outros itens, sem correr o risco de deixá-los espalhados pela casa. Confira a data de validade dos produtos antes de guardá-los e opte por etiquetar cada divisória para facilitar a organização no dia a dia. 

Usou, devolva

A primeira grande organização é a mais difícil, mas não precisará ser repetida se houver disciplina no dia a dia. Agora que seus objetos e produtos estão categorizados, selecionados e têm onde ficar, nada impede de fazer rápidas arrumações logo depois de utilizar algo, devolvendo para seu lugar de origem. 

Foto:Divulgação

Instagram