Associação de lojistas do Centervale Shopping fazem reivindicações para manterem empregos e portas abertas

Cobranças abusivas e falta de diálogo com a administração motivaram a entrega de documento nessa sexta-feira

Desde o começo da pandemia do coronavirus, em março, a história se repete: lojistas são surpreendidos com cobranças abusivas e falta de compreensão e bom diálogo com administradores.

Enquanto diversos estabelecimentos pelo Brasil afora estão apoiando e entendendo a gravidade da situação, baixando os valores cobrados, o Centervale Shopping parece estar alheio a realidade e suga os empresários que estão com muita dificuldade para se manterem abertos e manterem empregos dos funcionários.

Associação de Lojistas do Centervale

Por tudo isso, a Associação de Lojistas do Centervale elaborou um documento oficial com uma série de reivindicações que foi entregue à administração do shopping, nesta sexta-feira, 03/07, em busca de melhoria nos valores de aluguel e condomínio.

“Esse documento é muito importante porque se nossas demandas não forem atendidas, infelizmente muitos não conseguirão se manter abertos e, consequentemente, muitos empregos serão perdidos” afirma o presidente da associação, Bruno Araujo.

Desde março, o shopping ainda não definiu a forma e valores que serão cobrados e todos os meses surpreendem os lojistas um dia antes com boletos e valores muito altos para o faturamento que estão tendo.

A Associação está mobilizada e promete, em breve, novas ações caso o shopping ignore as demandas como tem feito constantemente.

Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay 

Instagram