Quando e como devo registrar a patente de um projeto?

Se você chegou aqui é porque provavelmente está pensando em registrar patente, mas ainda não compreendeu muito bem quando e como deve fazer isso.

O registro de patente nada mais é do que uma forma de proteger os inventores de algum projeto. Por exemplo, pode ser que você tenha desenvolvido um novo produto que tem uma tecnologia inovadora e soluciona um determinado problema de forma prática.

Como esse produto ainda não existe no mercado, já que é uma invenção sua, é muito importante que ocorra o registro de patente para que você possa se defender juridicamente caso outra pessoa decida plagiá-lo.

Portanto, basicamente, você deve registrar a patente de um projeto quando quiser lançá-lo no mercado e deseja se proteger de casos de plágios.

Quer saber mais sobre a importância do registro de patente e como você pode fazer isso? Continue a leitura e descubra!

Motivos para registrar a patente de projeto

As patentes são extremamente valiosas por vários motivos. Um registro de patente protege a invenção de ser usada por outras pessoas. A seguir, confira alguns outros motivos para fazer o registro de patente.

1. Patentes Aumentam Os Lucros

Uma patente pode gerar milhões, até bilhões, para você se você a usar corretamente, seja por meio de licenciamento ou dominando o mercado. Aqui estão alguns exemplos:

Preços premium direto para o mercado

Ser o primeiro a comercializar tem muito peso. Com a ajuda de uma patente, o seu é o único produto disponível para o seu público-alvo. Isso permite que sua empresa defina o preço de mercado, seja uma tecnologia ou um dispositivo.

Geralmente, as empresas que são as primeiras a entrar no mercado são vistas como especialistas confiáveis ​​e inovadoras na área, criando assim credibilidade e fidelidade à marca pela qual os compradores pagarão um prêmio.

Licenciamento

Outra forma de uma patente gerar receita é através do licenciamento. Uma patente registrada dá ao proprietário o direito exclusivo de produzir, usar ou vender a invenção por uma taxa e royalties.

Isso funciona bem se o inventor não tiver os recursos necessários para produzir e distribuir a invenção por conta própria, ou se simplesmente não quiser ser um vendedor.

2. Patentes Eliminam A Concorrência

As patentes criam uma barreira à entrada, que impede que outros vendam um produto similar em concorrência direta com o seu. Para pequenas empresas, isso lhe dá a chance de competir contra grandes corporações.

Mesmo a menor das start-ups pode ter mais participação de mercado do que uma grande corporação.

Normalmente, uma grande corporação teria uma enorme vantagem sobre uma nova start-up com uma invenção, mas ter uma patente ajuda a impedir que grandes corporações com grandes orçamentos de marketing e fabricação usem sua ideia.

Um especialista de propriedade intelectual certo que lida com patentes pode ajudá-lo a manter seus concorrentes à margem. Para grandes empresas, isso lhes permite dominar o mercado.

3. Patentes Atraem Investidores

Garantir o financiamento de investimento de capital, seja capital de risco ou investidores-anjo, é muito mais fácil se você puder mostrar uma patente. Além disso, você pode lançar sua invenção sem medo de que sua ideia seja roubada.

Os investidores em potencial ficarão tranquilos se perceberem que você tomou as medidas necessárias para obter uma patente. Isso faz com que sintam-se melhor em investir em você, pois veem que você leva a sério seu produto e há uma chance real de monetizar sua invenção.

Como registrar patente de um projeto

O registro de patente é um procedimento técnico e burocrático. Por esse motivo, é comum que os inventores de projetos procurem um especialista em direitos autorais que possa ajudá-los.

No entanto, você pode tentar enviar o pedido por conta própria no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), que é a instituição responsável pelo registro de patentes e marcas.

Resumidamente, você precisará pesquisar se a sua ideia já não foi registrada e iniciar o processo de solicitação.

Para fazer isso, é necessário preencher um formulário de pedido de patente, pagar a taxa para a solicitação e enviar os documentos necessários – tanto os que são referentes ao requerente quanto os do projeto.

Conclusão

Se você criou ou está criando um projeto e deseja fazer o registro de patente, é muito importante que faça o seu pedido de solicitação o quanto antes.

Lembre-se que estamos falando sobre um processo composto por diversas etapas, que possuem prazos para serem finalizadas. Então, a melhor opção caso queira evitar possíveis dores de cabeça é contar com a ajuda de uma assessoria de registo de patente.

Imagem de Elf-Moondance por Pixabay 

Instagram