Licenciamento 2021 fica mais caro no estado de São Paulo

Em comparação ao último ano, aumento na taxa chega a 40,4% para veículos 0 km

O licenciamento 2021 ficou mais caro no estado de São Paulo, o valor do imposto para veículos 0 km subiu 40,4% em relação ao ano passado, totalizando R$ 131,80. Para automóveis adquiridos antes de 14 janeiro, a taxa foi de R$ 98,91, aumento de 5,36% frente aos R$ 93,87 cobrados em 2020.

Aqueles que optaram por pagar o tributo antecipado, feito de janeiro a março, pagaram R$ 98,91 para toda a frota (novos e usados). Quem decidiu quitar a taxa conforme o calendário anual, terá que pagar o reajuste de 40,4% para automóveis comprados a partir de 15 de janeiro. No caso de seminovos, o preço de R$ 98,91 se mantém.

Veja, a seguir, a tabela do licenciamento anual obrigatório:

De acordo com as datas divulgadas pelo Detran-SP, os vencimentos ocorrem de abril a dezembro e devem ser consultados conforme o mês referente ao número final da placa do veículo. Em maio, por exemplo, será quitado o licenciamento final 2. No caso de tratores e caminhões, os prazos mudam, vão de setembro a dezembro. Ao ultrapassar o período limite de pagamento, haverá incidência de juros e multa.

O imposto pode ser pago via internet banking, lotéricas, caixa eletrônico ou aplicativo do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander; o número do Renavam precisa ser informado durante a transação. Para que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) seja emitido, é preciso que todos os débitos de trânsito estejam em dia, incluindo multas e documentações.

Para evitar sair de casa durante a pandemia, o contribuinte também tem a opção de contratar os serviços online de um despachante credenciado ao órgão competente. Desse modo, além de licenciar o automóvel, outros tributos poderão ser parcelados no cartão de crédito. Ao escolher essa forma de pagamento, o número do Renavam não terá que ser informado.

Um dia após o recebimento, o certificado em meio eletrônico (CRLV-e) ficará disponível no portal do Poupatempo, Detran-SP e Denatran, além dos aplicativos: Carteira Digital de Trânsito (CDT), Poupatempo Digital e Detran-SP. O documento pode ser utilizado em smartphones ou impresso em folha sulfite comum.

De acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), circular com o licenciamento irregular é infração gravíssima, com penalidade de multa no valor de R$ 293,47, acréscimo de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e apreensão do veículo até que seja regularizado.

Por Julia Veroneze

Instagram