EWZ Capital chega a São José dos Campos para atrair investidores da região

Assessoria de investimentos deseja oferecer opções de maior rentabilidade para público mais conservador

São José dos Campos é uma cidade do interior de São Paulo que conta com uma grande variedade de indústrias. Empresas como a Panasonic, Embraer, Johnson & Johnson, General Motors, Petrobrás, entre muitas outras, possuem parques fabris na cidade, que conta ainda com importantes centros de ensino e pesquisa, com campus da Unesp (Universidade Estadual Paulista), Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Com um enorme potencial de investidores e poupadores em sua população, São José foi o local escolhido para receber uma das novas unidades da EWZ Capital – assessoria de investimentos filiada ao BTG Pactual.

São José dos Campos

“A cidade está mudando um pouco o foco em indústrias metalúrgicas e aeronáuticas para se tornar um polo de tecnologia e a escolha de São José se deu justamente porque este grande público da indústria tem um perfil poupador, mas ainda não tem o hábito de investir”, explica Alberto de Almeida Filho, diretor de Operações da EWZ Capital, que é responsável pela unidade em São José dos Campos e tem grande experiência em gestão de riscos.

De acordo com Alberto, de alguns anos para cá o perfil das pessoas da cidade também vem mudando, com o aumento do consumo local em compras e restaurantes. O objetivo da assessoria de investimentos é atrair este público, ainda conservador, e inseri-los aos poucos na renda variável, opções de alta rentabilidade e baixo risco.

“Muitas pessoas poupam dinheiro, mas ainda o mantém alocado nos bancos, em cadernetas de poupança. A EWZ identifica que por São José ser a capital do Vale do Paraíba, mas também próxima a Taubaté e Caçapava, tem um enorme potencial. Temos uma oportunidade para fazer as pessoas começarem a investir o dinheiro de uma forma mais assertiva e rentável”, afirma o executivo.

BTG Pactual

Com a nova parceria com o BTG Pactual, firmada em janeiro, a unidade de São José dos Campos reiniciou as operações e já conta com seis assessores de investimento, além de uma nova sede que está em reforma e deve ser inaugurada ainda este mês. O espaço seguirá o estilo da casa conceito localizada na capital paulista, que conta com ambientes para realização de eventos, exposição de obras de arte, café, bar e salas para cursos. Os serviços oferecidos são os mesmos de todas as unidades: assessoria de investimentos, assistência patrimonial e formação educacional.

O braço educacional é sempre um dos pontos mais importantes para a assessoria de investimentos, que possui o canal no YouTube Clube do Henriquecer e a plataforma educacional Guru Investidor. Ambos buscam dar informações sobre o mercado financeiro gratuitamente, ajudando investidores e assessores de investimento que já têm experiência ou que estão dando os primeiros passos no mercado. “Todos os cursos da nossa plataforma educacional, inclusive para formação de novos assessores, vão estar disponíveis em São José também”, pontua Almeida Filho.

A expectativa da EWZ Capital é desenvolver as operações no interior de São Paulo, além de estender seus serviços por todo o país. “Nossa expectativa é que a EWZ junto com o BTG sejam referências em investimentos na cidade. Vemos muitas oportunidades com pessoas que estão em outras corretoras e não são devidamente atendidas. Além disso, queremos ajudar os poupadores a tirar o dinheiro dos bancos. Desejamos encerrar 2021 com pelo menos 100 milhões de reais sob custódia. Atualmente, temos 12 milhões de reais, conquistados em apenas um mês de trabalho”, resume o especialista.

Uma assessoria nova e diferenciada

A EWZ Capital foi fundada em 2018 inicialmente por Luca Gallacci (26) e Victor Mouadeb (27), que logo trouxeram Henrique Castiglione (25) para reformular o modelo de negócios em maio de 2019 e iniciar o novo projeto, agora com tecnologia, marketing e educação integrados. No início, eram apenas sete pessoas, mas pouco mais de um ano depois o time da assessoria já conta com 85 pessoas e continua crescendo, mas, para os jovens empreendedores, o crescimento é sustentável e segue muito próximo de seus valores e aspirações.

“Nossa intenção foi criar uma assessoria de investimentos disruptiva e atualizada, com um espírito jovem, mas que, ao mesmo tempo, ofereça segurança e alto rendimento para os nossos clientes. Queremos ajudá-los a fazer os melhores investimentos, de acordo com diferentes perfis e necessidades”, destaca Henrique Castiglione, sócio e diretor comercial da EWZ Capital.

EWZ Capital

A EWZ conta com unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e Teresópolis, mas está abrindo novas filiais. Além de São José dos Campos, a empresa está iniciando operações em Tatuí e Ribeirão Preto. E isto é só o começo: a intenção é chegar a um bilhão de reais em patrimônio investido, além de abrir unidades em mais municípios. O crescimento mensal da empresa é de cerca de 20%. Para este ano, o desejo é chegar a 10 novas cidades.

O objetivo da companhia é ser uma empresa 360°, que atenda às mais diferentes necessidades. “Se o cliente precisa fazer câmbio para uma viagem, nós oferecemos. Se ele precisa fazer um seguro para a sua casa ou seu automóvel, pode ficar tranquilo porque nós fazemos também. Queremos estar presentes na vida de quem atendemos, cobrindo as suas necessidades de forma simples e fácil”, finaliza Castiglione.

Instagram