Etec da Capital participa de final do Desafio RobotChallenge com quatro equipes

Votação online da última etapa da competição vai até quinta-feira (16); equipes da Etec Prof. Horácio Augusto da Silveira continuam na disputa 

Desafio RobotChallenge

Está aberta ao público a votação para escolha do vencedor do Desafio RobotChallenge, que propôs a criação de coreografias para o robô YuMi. Quatro projetos da Escolas Técnica Estadual (Etec) Professor Horácio Augusto da Silveira, localizada na zona norte da Capital, estão na disputa. As propostas podem ser conferidas pelas redes sociais da competição. No total, são 16 equipes finalistas.

As equipes Belhores, Vision, MEXATRONICOS e Fire Fox são formadas por estudantes do curso técnico de Mecatrônica. Para o professor Oswaldo Veglione, o desafio é uma experiência rica para os alunos porque proporciona a oportunidade de usar o conhecimento em robótica para solucionar problemas. “Os estudantes tiveram contato com essa tecnologia fora do ambiente acadêmico e isso complementa o aprendizado técnico. A competição estimulou também competências socioemocionais, como trabalho em equipe, criatividade, ética e capacidade de lidar com situações novas”, explica.

Outros professores envolvidos na competição, dando suporte às equipes da Etec, são Alexandre Messias da Silva, José Augusto Trovato Junior e Ailton Fernandes Costa. Para participar do Desafio, os inscritos tiveram de assistir a oito videoaulas e baixar o software RobotStudio para programarem a dança do robô. Escolas das redes pública e privada de todo País inscreveram um total de 110 projetos no RobotChallenge.

Robô pop

Desenvolvido pela empresa de engenharia e automação ABB, o YuMi foi criado em 2015 para atender demandas da indústria 4.0 e colaborar com o aumento da produtividade e segurança na linha de produção. Pelo ineditismo e inovação, o robô ganhou empatia e participou de eventos com líderes mundiais onde interagiu, por exemplo, com a chanceler alemã Angela Merkel e com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Além de dançar, o YuMi foi programado também para ser regente e se apresentou junto com Andrea Bocelli, em Pisa, na Itália. Para conhecer o robô pop, acesse as redes sociais do desafio e vote na melhor coreografia. 

Robô YuMi, desenvolvido pela empresa de engenharia ABB, inspira competição de robótica entre estudantes

Centro Paula Souza

Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Centro Paula Souza (CPS) administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a supervisão de uma Etec –, em cerca de 300 municípios paulistas. As Etecs atendem mais de 224 mil estudantes nos Ensinos Técnico, Integrado e Médio. Nas Fatecs, o número de matriculados nos cursos de graduação tecnológica supera 85 mil alunos.

Instagram