Estudar regularmente traz vantagens para quem deseja prestar concurso

Criar o hábito de estudo facilita o aprendizado e a absorção de conteúdo

Todos os anos, os estudantes que se preparam para prestar o vestibular, Enem ou para participar de concursos públicos procuram por métodos inovadores para aprender e absorver a quantidade de conteúdos que é cobrada nas provas. Mesmo com a frequente atualização nas recomendações e dicas sobre o que é vantajoso ou não na preparação, uma estratégia que não sai de moda é criar o hábito de estudar.

O estudo, muitas vezes, pode ser visto pelo aluno como algo chato e que ocupa grande parte do dia, mas é importante que seja inserido no dia a dia. Normalmente, para que um hábito seja adotado plenamente, sem que a atividade se torne cansativa e de modo natural, na rotina, é necessário que exista a repetição por, no mínimo, 21 dias. Depois desse período, o ato de estudar será intuitivo e com menos complicações.

Para conseguir realizar o plano, um esboço de 30 dias com os mesmos hábitos – estudar no mesmo lugar, no mesmo horário e possivelmente pelo mesmo período de tempo, alternando apenas as matérias e os conteúdos abordados – pode ser traçado. Assim, é importante que a hora escolhida seja uma boa alternativa também para os demais dias e que o ambiente de estudo seja ideal.

Neste período, o estudante pode organizar os assuntos tratados por meio de um cronograma de estudos. Nele, é importante separar as matérias delimitadas no edital dos concursos abertos ou dos vestibulares, de modo que não existam muitos dias entre o estudo de um conteúdo e sua revisão, já que é comum que as conexões cerebrais criadas no momento de aprendizagem sejam desfeitas e a absorção do tema seja perdida, fazendo com que seja necessário recapitular tudo novamente.

Também é interessante ordenar as matérias conforme há mais facilidade ou dificuldade, para que elas fiquem intercaladas e nenhum dos dias de estudo foquem apenas em coisas difíceis ao aluno.

Veja abaixo algumas dicas para conseguir criar o hábito de estudar. 

Comece aos poucos

É comum querer iniciar a rotina de estudo com longas horas dedicadas à prática, mas é indicado prosseguir nessa atividade durante longos períodos. É importante descansar, para que o cérebro consiga absorver os conteúdos. Assim, é necessário tirar um tempo para relaxar ao final do dia de estudos e continuar a ver os conteúdos apenas no dia seguinte.

Sem celular ou redes sociais

O hábito de checar regularmente o celular ou as redes sociais durante o período de estudos irá prejudicar a concentração e, inevitavelmente, o aprendizado do candidato. Deste modo, é preciso que essas distrações sejam minimizadas, seja através de aplicativos que bloqueiam as notificações do aparelho ou as plataformas que limitam o acesso do smartphone às redes sociais em determinados horários.

Tenha um local apropriado

Estudar, fazer simulados e resolver questões em ambientes barulhentos pode não ser a melhor escolha. Por isso, no momento de escolher um local para realizar essas atividades, prefira um lugar que seja arejado, confortável, receba iluminação natural e que a circulação de pessoas possa ser controlada. 

Foto: Divulgação

Instagram