Cursos do Cephas rompem barreiras na educação profissional

Capacitar para crescer. Foi assim que Viviane Silva, 45 anos, tomou a decisão de voltar a estudar. Formada no curso técnico em Eventos do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) em janeiro deste ano, Viviane encontrou na Instituição a oportunidade que precisava para qualificação profissional.

A cerimonialista conta que apesar da intimidade com a área de eventos, sentia-se desatualizada diante das mudanças do setor. O curso trouxe conhecimento e segurança para assumir novos desafios. “De início fiquei com receio de prestar o Vestibulinho e voltar para a sala de aula, mas fui encorajada pela minha filha e aproveitei a oportunidade”, disse. 

O curso contempla diversos componentes curriculares que vão além da organização de eventos, a parte jurídica, inglês e espanhol foram importantes para que ela se destacasse no mercado. Viviane também avalia o bom relacionamento com os professores como um diferencial. “Tive profissionais muito capacitados e preocupados. O reflexo disso são as oportunidades que estão aparecendo por indicação deles e a parceria que construímos, agora, como colegas de profissão.” 

Oportunidade profissional

Um mês após a formatura, Viviane assumiu a organização de dois eventos que, inicialmente, estão sendo acompanhados de maneira remota. Sobre o futuro, a profissional não esconde a preocupação com as atividades do setor na pandemia, mas espera com otimismo: “As expectativas são grandes, estou muito animada e acreditando no aquecimento do mercado”, afirma.  

Encurtando distâncias 

Cephas

“O Cephas foi um divisor de águas em minha vida.” Foi com essa frase que Euclides Inácio, descreveu o impacto da Instituição para ele. Técnico de enfermagem, o jovem concluiu os estudos direto para o mercado de trabalho. Foi no Cephas que surgiu a oportunidade do primeiro emprego, quando a empresa em que ele trabalha procurou a escola em busca de novos talentos. 

“Ao contrário do que acontece com a maioria, tive sorte, a empresa que veio até mim”. Euclides conta que no último módulo do curso passou por um processo seletivo que encurtou distâncias e promoveu acesso ao mercado de trabalho. 

Aos 23 anos, o técnico em enfermagem trabalha na UTI covid-19 de um Hospital em São José dos Campos. “O curso me capacitou profissionalmente, mas também me preparou para o atendimento humanizado aos pacientes. Nesse momento de pandemia, é extremamente importante o cuidado com o próximo”, disse. 

“O sentimento é de gratidão por todas as oportunidades que tive”, completa Euclides que sonha em ser professor do Cephas para retribuir o conhecimento adquirido.

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Vagas Abertas

O Cephas está com 2.100 vagas abertas de cursos livres de qualificação profissional na modalidade à distância. As oportunidades são para marketing digital, atendimento ao cliente, técnicas de arquivo, relacionamento interpessoal, gestão da qualidade, noções de logística e logística reversa.

Os cursos são no formato EAD com carga horária de 30 a 40 horas. Os interessados podem fazer a inscrição pelo site do Qualifica até o dia 21 de fevereiro. 

Para se inscrever os candidatos devem possuir idade mínima de 16 anos, Ensino Fundamental completo e residir em São José.

O Cephas está com 2.100 vagas abertas de cursos livres de qualificação profissional na modalidade à distância – Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Instagram