Saiba o que é o ácaro e o motivo para ele ser um dos vilões da saúde

Embora sejam microscópicos, os ácaros podem ser um problema verdadeiro para a saúde das pessoas. Por isso, uma boa limpeza de casa e higienização de roupas de cama são necessários para combater este mal

Não só em épocas quentes e úmidas do ano precisamos ficar alertas quanto a problemas alérgicos. Trocar a toalha de banho, higienizar carpetes e cortinas, além de trocar roupa de cama com frequência, são medidas que podem evitar que um vilão da nossa saúde respiratória invada o nosso organismo: o ácaro.

Certamente você já ouviu alguma coisa sobre ele. Trata-se daquela camada de poeira espessa que se forma sobre móveis e utensílios a partir da poluição urbana, ficando impregnado nas casas que não são limpas e higienizadas constantemente.

Segundo alguns pesquisadores acarologistas, há no mundo aproximadamente 48 mil espécies, mas algumas estimativas apontam para a existência de 500 mil a 1 milhão. No entanto, a maioria deles vive longe de seres humanos.

Essa subdivisão de espécies se faz também no ambiente aquático, terrestre e locais mais afastados de humanos. Por isso, não é preciso se preocupar! Com tamanho microscópico, é impossível enxergar o ácaro a olho nu. Por isso, atenção redobrada com os cuidados da casa é fundamental.

Onde vivem os ácaros domésticos?

Os ácaros, tais como as aranhas, escorpiões e carrapatos, pertencem à classe dos aracnídeos. Esses seres domésticos se aglomeram, geralmente, em estofados, colchões, toalhas e travesseiros.

Por não poder ser visto a olho nu, acabam se alojando e passando despercebido por quem mora na casa. E para deixar você ainda mais horrorizado, este serzinho é um pequeno animal carnívoro que se alimenta de restos de pele humana.

Em nossa pele há uma camada denominada queratina, que é uma faixa mais superficial, para a proteção. Em um processo de renovação de células, essa base de pele acaba descamando, sobretudo quando estamos dormindo. Junto com a pele, saem os ácaros que ficam alojados em locais como colchões e travesseiros.

Por que os ácaros causam alergias?

Para completar ainda mais o asco que você adquiriu do ácaro até aqui, temos uma notícia muito ruim: o que faz mal não é o parasita em si, mas as suas fezes e carcaças. O que motiva alergias e problemas de saúde, na verdade, são os animais mortos e os vestígios que eles deixam.

Em geral, os ácaros tendem a se acumular em determinados locais, e lá ficam retidos. Assim, quando alguém encosta em um lugar infestado, ou quando dorme, acaba fazendo com que eles se espalhem pelo ar e sejam inalados pelas pessoas.

A reação alérgica provocada pelos ácaros pode resultar em problemas respiratórios, inclusive os mais severos, como asma, rinite e outras alergias respiratórias, muito ligadas à predisposição genética. Por isso, é importante ficar alerta.

Como se prevenir desses intrusos?

Para evitar que esse mal se propague pela casa, invada sua rotina e afete a saúde de todos os moradores, é necessário higienizar regularmente os travesseiros, ao menos duas vezes por semana.

Ter capa protetora de colchão e sofá também é um ótimo método de prevenção. Por serem mais trabalhosos de lavar e higienizar com certa frequência, medidas simples, como o caso de utilizar capa, são fundamentais.

Troque a roupa de cama pelo menos duas ou três vezes por semana, por questões higiênicas. Faça uma pré-lavagem com água quente se for necessário.

Com crianças pela casa, se puder, retire cortinas, carpetes e tapetes. Tudo o que pode acumular o ácaro. Se não tem necessidade, por que arriscar a saúde dos seus filhos? Deixe o capricho de uma boa decoração de lado ou, caso opte por manter, faça uma higienização frequente.

Se você tiver animais de estimação, mantenha-os limpos e dê banhos ao menos uma vez por semana; evite também que as crianças durmam agarradas com seus pets. Todas essas medidas são precauções para que os pequenos problemas causados pelo ácaro não se transforme em dor de cabeça e riscos para a saúde.

Instagram