Prefeituras do Vale do Paraíba e Litoral Paulista tratam de soluções para melhorar atendimento à população

Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes da reúne prefeitos, gestores e servidores de mais de 30 municípios em Caraguatatuba

A pandemia fez com que o setor público avançasse cinco anos em apenas um na questão do uso de tecnologia para tornar os serviços prestados mais ágeis e na palma do cidadão. No Vale do Paraíba e Litoral Paulista, a modernização das administrações municipais foi tema tratado por prefeitos, gestores e servidores que participaram, nesta quinta-feira (23), do Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes da região, realizado em Caraguatatuba, no Teatro Mário Covas.

Diretor da RCD, José Marinho

Representantes de mais de 30 municípios participaram do evento promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Caraguatatuba. “Sem a tecnologia ficou impossível se administrar e o compartilhamento de experiência, de conhecimentos, é a essência da Rede Cidade Digital, buscando despertar os gestores para a necessidade da transformação digital da gestão pública”, disse o diretor da RCD, José Marinho.  

5G

A implantação do 5G é uma das novas tecnologias que deve impulsionar o surgimento das cidades inteligentes. Conforme destacou o gerente de Projetos na Secretaria de Telecomunicações (SETEL) do Ministério das Comunicações, Hélio Maurício Miranda da Fonseca, o 5G vai permitir a conexão de diversos dispositivos simultaneamente e a integração de serviços como trânsito, segurança e iluminação pública.

A expectativa com o 5G também está no crescimento da economia mundial e na geração de empregos. Conforme uma projeção da Nokia Consultoria, o PIB do Brasil deve crescer 1% ao ano entre 2021 a 2035. “Vai movimentar a máquina de uma forma muito mais eficiente”

Entretanto, o representante do Ministério das Comunicações ressaltou que as Prefeituras têm papel fundamental no processo de implantação da nova era da telefonia móvel, cujo início está previsto para até setembro deste ano. “Temos recebido relatos em muitos municípios sobre a dificuldade de instalação das antenas”, comentou o gerente sobre a necessidade das cidades estarem em consonância com a Lei Geral das Antenas, de modo que facilite o trabalho das operadoras de telecom.

Inovações nas Cidades – O Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes do Vale do Paraíba mostrou os avanços tecnológicos de Caraguatatuba, Mogi das Cruzes, Santos, São José dos Campos e Taubaté.

Prefeitura de Caraguatatuba

O uso de tecnologia no mapeamento de imóveis, ocupações irregulares, desmatamento e descarte irregular em Caraguatatuba foi um dos destaques apresentados pela Prefeitura de Caraguatatuba. Na opinião do prefeito Aguilar Junior, a implantação de cidades mais inteligentes depende muito da vontade política.

Ele também ressaltou a importância da modernização dos municípios do entorno para o desenvolvimento completo da região. “Por muito tempo se falou em custo, mas tudo que se faz é investimento”, observou o prefeito, destacando a implantação do Vacina Caraguá durante a pandemia que, segundo Aguilar Junior, permitiu uma imunização mais rápida da população. “O próximo passo é georreferenciar cada cidadão, cada casa, integrando serviços. Esse é o objetivo”, frisou o prefeito de Caraguatatuba.

São José dos Campos

As ações de São José dos Campos, a primeira cidade inteligente brasileira com certificação ISO, também foram apresentadas pela supervisora na Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento Econômico de SJC, Ghislaine Virgínia Fonseca. “O desafio é que os nossos gestores municiais não podem mais ignorar o diagnóstico de onde saímos para onde temos que ir, no caminho que temos que seguir da digitalização, inovação e cada vez mais fazendo economia para ter um maior poder de investimento em melhorias nos serviços públicos”, ressaltou a gestora.

O Centro de Controle de Operações de Santos foi outro destaque apresentado no Fórum. Com a integração de diversos setores, o secretário de Planejamento e Inovação de Santos, Fábio Ferraz, destacou a melhoria na tomada de decisão baseada em dados. “A sociedade já começou a perceber os ganhos que a tecnologia acontece na prática”, frisou o secretário.

O Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes do Vale do Paraíba e Litoral Paulista teve o patrocínio ouro da 1Doc, Binário Cloud, OM30, Perfilcomp e Sonner; e patrocínio prata do Aprova Digital, Evolution Tecnologia Funerária, Gove e No Paper; e o apoio institucional da AGEMVALE (Agência Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte).

Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes do Vale do Paraíba

Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes do Vale do Paraíba e Litoral-Foto:Divulgação
Instagram