Inspirado, Germán Cano garante vitória do Vasco sobre o São Paulo

Dois jogos, duas vitórias, quatro gols marcados e apenas um sofrido. A campanha do Vasco no início do Campeonato Brasileiro anima os torcedores, que começam a confiar mais na equipe e esquecer a péssima participação no Campeonato Carioca. Neste domingo (16), o Gigante da Colina derrotou o São Paulo por 2 a 1, em São Januário, e chegou a seis pontos na classificação geral.  Já o Tricolor sofreu o primeiro revés, após ter estreado vencendo o Fortaleza.

Vasco

Apesar da vitória cruzmaltina, os primeiros minutos do confronto foram de total domínio do time paulista. Encurralado em seu campo de defesa, o Vasco não conseguia trocar mais de três passes e oferecia chance atrás de chance para os visitantes. A melhor delas foi logo aos 2 minutos, quando Daniel Alves concluiu mal o cruzamento rasteiro de Reinaldo. Depois da pressão inicial, o Tricolor diminuiu o ritmo e o Vasco cresceu.

Aos 25 minutos, Talles Magno só não abriu o placar graças à defesa espetacular de Tiago Volpi. Benítez cruzou na área e o camisa 11 cabeceou no ângulo esquerdo, obrigando o goleiro a salvar o São Paulo.

São Paulo

O São Paulo voltou para a segunda etapa melhor. Aos 8 minutos, Paulinho Bóia fez grande jogada pela esquerda e finalizou no travessão de Fernando Miguel. O Vasco respondeu com gol. Cobrança de escanteio pela direita, Talles Magno desviou de cabeça e a bola sobrou para Germán Cano finalizar de primeira e abrir o placar, aos 16 minutos.

Os visitantes partiram com tudo para o ataque e deixaram espaços na defesa. Aos 29 minutos, Benítez roubou a bola no meio e passou para Andrey. O volante avançou até a área tricolor e deixou Cano livre. O argentino dominou e bateu rasteiro, cruzado, sem chances para Tiago Volpi.

Com a vantagem de 2 a 0, o Vasco recuou e deixou o São Paulo chegar com mais perigo. Aos 46 minutos, o árbitro Wilton Pereira Sampaio consultou o VAR e viu o toque no braço de Andrey, após cruzamento dentro da área cruzmaltina. Reinaldo foi para a cobrança e Fernando Miguel defendeu. O VAR entrou novamente em ação e acusou invasão do goleiro vascaíno. Desta vez, Reinaldo concluiu com perfeição. Apesar de diminuir o placar, o São Paulo não teve forças nem tempo suficiente para buscar o empate.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Ceará, quinta-feira (20), às 20h (horário de Brasília), no Castelão. No mesmo dia e também às 20h, o São Paulo recebe o Bahia, no Morumbi.

Assim como o Vasco, o Bahia garantiu, neste domingo, os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Jogando em casa contra o Bragantino, o Tricolor     venceu por 2 a 1, com emoção até os últimos instantes do confronto.

BAhia vence Bragantino por 2 a 1, na terceira rodada do Brasileirão
O zagueiro Juninho comemora, após abrir o placar para o Tricolor no estádio de Pituaçu – Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Bahia & Bragantino

O Bahia abriu o placar aos 25 minutos da primeira etapa com Juninho, de cabeça, após cobrança de escanteio de Juninho Capixaba. O Bragantino chegou ao empate apenas aos 31 minutos do segundo tempo, com Léo Ortiz. Quando o jogo se encaminhava para o fim, Ernando marcou o gol da vitória baiana, aos 47 minutos. Com a derrota, o Bragantino chegou a três partidas sem vencer no Brasileirão, somando apenas dois pontos. O Bahia venceu os dois jogos que disputou.

Confira AQUI a tabela de classificação da Série A do Brasileirão.


Foto:© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

Agência Brasil

Instagram