Qual é a quantidade de horas complementares exigidas em faculdades?

Podemos definir a faculdade como sendo um dos melhores períodos de nossas vidas. Quando passamos por ela, a gente dá um passo muito importante rumo ao sucesso. Compreendemos, ainda, que também se tratará de uma época em que a dedicação e o foco vão precisar sempre estar presentes. Por conta disso, quem deseja se formar com rapidez precisa dar sempre o melhor de si e realizar todos os compromissos acadêmicos, como cumprir toda a carga horária exigida de atividades complementares, e você poderá cumprir essas horas por Curso para Horas Complementares, que poderá ser online ou presencial.

Porém, o que são essas atividades? Por que elas são necessárias na vida de um estudante? Como cumpri-las?

Este artigo tem justamente o objetivo de responder a essas questões.

Então, pegue caneta e papel, e anote tudo que vamos lhe passar.

Vamos lá?

O que são atividades complementares?

Se você deseja ingressar em um curso de graduação, uma hora ou outra você irá se deparar com as atividades complementares. Pois, elas são obrigatórias para complementar o seu currículo acadêmico, isso quer dizer, ou seja, para receber o tão sonhado diploma, será preciso cumprir com uma determinada carga horária mínima.

Como o nome já diz, essas atividades serão um complemento para o seu aprendizado. O propósito dessa ação será acrescentar novas experiências para ampliar a formação dos estudantes. Com isso, além de melhorar o aproveitamento nos estudos, você ganhará cada vez mais respaldo para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

É previsto por lei, que deve existir um banco de horas no qual o aluno e o coordenador devem assinar, que será mediante a comprovante dessas atividades.

As faculdades exigem um limite em horas complementares diferente, porém existe uma resolução publicada em 2007, que estabelece uma carga horária que jamais deverá ultrapassar os 20% das horas total do curso.

Veja a seguir alguns exemplos de atividades complementares:

  • Semanas acadêmicas;
  • Congressos;
  • Seminários;
  • Palestras;
  • Conferências;
  • Atividades culturais;
  • Integralização de cursos de extensão;
  • Atualização acadêmica e profissional;
  • Atividades de iniciação científica;
  • Monitoria.

Por que elas são importantes?

Você sabia que as atividades complementares não foram criadas com a finalidade de ser mais um obstáculo na vida do aluno?

As horas complementares fazem bastante sentido dentro do contexto acadêmico, pois elas são importantes para o enriquecimento do processo de ensino e de aprendizagem. Pois, elas são atividades com a finalidade de promover ao aluno a complementação de sua formação pessoal e profissional.

Os compromissos complementares vão abrir as portas para que o estudante conheça melhor a profissão e tenha outros aspectos. Ele terá a chance de aprender sobre coisas novas que estão fora do modelo tradicional de ensino, e garantindo assim uma série de vivências produtivas em outros ambientes.

Essas alternativas de aprendizado vão permitir um desenvolvimento que o estudante tenha mais autonomia, o que se irá se transformar em independência intelectual e outras características muito valorizadas para o currículo de um profissional, como, por exemplo: proatividade, curiosidade e inovação.

Um ponto fundamental que deverá ser destacado é sobre a relevância das atividades complementares dentro da vida do universitário. Pois, não basta enxergá-las somente como sendo uma obrigação e cumpri-las com a única intenção de completar a sua carga horária.

Com o objetivo de que seja um aprendizado realmente válido, o aluno deverá sempre escolher as ações que tenham sentido para ele, trazendo assim mais reflexos positivos e favoreçam assim o seu crescimento.

Outra questão que deve ser levantada é sobre a função da carga horária flexível, sendo o próprio estudante que fará o controle e a gestão desses compromissos, podendo ser realizados até dentro do período de férias.

Por lei, há um limite em horas complementares que cada faculdade poderá exigir, e elas sempre serão definidas pela própria instituição, portanto, será preciso se informar junto a sua faculdade.

Dicas para não atrasar as atividades complementares

As horas complementares devem ser cumpridas ao longo do seu curso, como sendo uma forma de enriquecimento profissional.

Se você ainda não sabe como organizar a sua rotina, siga as próximas dicas e evite chegar ao final do último semestre se preocupando com essas horas.

·         Organize as suas férias: As férias vão representar a oportunidade de descansar e cuidar de si mesmo. Além da diversão, também será possível incluir algumas horas de dedicação aos estudos em seu tempo livre. Você pode realizar algum curso de férias, Curso Online com Certificado que são cursos que dão horas complementares de forma totalmente online e com direito a certificado.

·         Participe dos eventos da sua faculdade: Acompanhe sempre a agenda de eventos da sua faculdade e escolha os eventos de seu interesse e que possam ser utilizados como comprovação de horas complementares. Porém, para que isso seja necessário, será preciso ter atenção na hora de escolher um curso, pois ele deverá ter relação com a sua área de formação e ele deverá ser emitido com a assinatura dos responsáveis do evento.

·         Saiba o que a faculdade aceita como hora complementar: Sempre procure a coordenação do seu curso e solicite os documentos sobre a carga horária extracurricular. Esteja sempre ciente sobre tudo aquilo que será aceito ou não como atividade complementar e assim direcione o seu foco para as ações e para os projetos que possam te ajudar a conseguir essas horas necessárias.

·         Inicie o relatório de atividades complementares: Se a sua faculdade solicitar algum relatório de atividades complementares, separe os arquivos em uma pasta com o objetivo de organizar os cursos, estágio, monitoria. Deverá conter tudo o que você tem feito para atingir a quantidade de horas exigidas. Separe as pastas com os certificados e, consequentemente, envie para a sua faculdades, provando assim as suas horas complementares.

Depois de ler sobre qual é a quantidade de horas complementares exigidas em faculdades, você ficou com alguma dúvida?

Se você gostou do que leu, comente aqui embaixo sobre essas dicas e mande os resultados logo a seguir. E se quiser compartilhe essas dicas com os seus amigos e amigas.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Instagram