Microsoft Editor: o novo corretor ortográfico para Edge e Chrome

Lançamento acompanha onda de mudanças da Microsoft

A empresa Microsoft vem anunciando várias mudanças e lançamentos nas últimas semanas. Após a substituição do Office 365 pelo novo Microsoft 365, com atualizações e inclusão de outras ferramentas do pacote Office, foi anunciada uma nova extensão, chamada Microsoft Editor, um corretor de ortografia e gramática para os navegadores Google Chrome e Microsoft Edge.

Semelhante à ferramenta de correção do Google Docs ou do Microsoft Word, a extensão fará sugestões gramaticais e de pontuação, ajudando na correção de possíveis erros do texto, além da sugestão de termos mais recomendados – tudo com o apoio de uma inteligência artificial. O download da ferramenta pode ser feito pela Microsoft Store ou pelo Chrome Web Store.

De acordo com a descrição da ferramenta, as correções gramaticais são aplicadas em qualquer site, facilitando a escrita de e-mails, publicações em redes sociais e comentários em portais de notícia ou vídeos. Também é possível permitir que a extensão funcione além do ambiente online, como no Word ou em outras aplicações da Microsoft. Ela chega para competir com outros serviços, como Grammarly e LanguageTool, que oferecem funcionalidades semelhantes.

Além de muito eficiente para o uso no dia a dia, a nova extensão pode ser um grande facilitador para quem trabalha com escrita, principalmente na elaboração de textos para portais online e redes sociais. Estudantes de cursos como pedagogia ou letras EAD, modalidade de ensino a distância, poderão escrever e corrigir redações com facilidade.

A ferramenta já está disponível em PT/BR, além de mais de 20 outros idiomas. Além da correção gramatical, o Microsoft Editor propõe outras aplicações, como a indicação do uso de palavras informais no texto e a sugestão de termos neutros quanto a gênero, tornando as sentenças mais inclusivas. Além disso, haverá informações sobre o tempo de fala e a leitura do texto em questão.

Outra funcionalidade muito útil do novo serviço da Microsoft é a checagem de similaridade, ajudando a identificar um possível plágio, permitindo também a inclusão de citações de maneira simplificada, ajudando a tornar a escrita do texto mais dinâmica e prevenindo erros na hora da produção de textos técnicos ou acadêmicos. Apesar de similar a outras ferramentas, a extensão Microsoft Editor permite maior integração entre os outros programas e ferramentas da Microsoft. A empresa também já garantiu que mais funções serão incluídas ao serviço em novas atualizações.

Foto:Divulgação

Instagram