Medidas de segurança contra a COVID-19

Conheça as principais maneiras de se proteger do novo coronavírus.

Uma série de novos hábitos passaram a fazer parte da nossa rotina este ano. Além de higienizar as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool em gel, mantendo o distanciamento social, o uso de máscaras de proteção é uma das principais medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

Isso porque, de acordo com médicos americanos, ao viajar de avião e frequentar bares, cinemas, academias, estádios, grandes eventos e outros locais, onde há um grande volume de pessoas, existe um maior risco de contaminação.

Neste sentido, a máscara ajuda a minimizar as chances de que o vírus atinja seu organismo.

Novo coronavírus

Coronavírus é uma grande família de vírus comuns em diversas espécies distintas de animais, como morcegos, gados, camelos e gatos. É raro que eles contaminem espécies que infectam os seres humanos, como é o caso do MERS-CoV e do SARS-CoV.

No entanto, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus, identificado como SARS-Cov-2, na cidade de Wuhan, China, originando a COVID-19. Em seguida, a doença foi disseminada e transmitida entre as pessoas.

A COVID-19 é uma enfermidade que apresenta um quadro clínico de infecções que variam de casos assintomáticos a graves. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a maioria dos pacientes, em torno de 80%, pode ser assintomática ou oligossintomática, apresentando poucos sintomas.

Já aproximadamente 20% dos casos confirmados requerem atendimento hospitalar devido ao fato de apresentarem algum tipo de dificuldade respiratória. Destes, cerca de 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

Precauções contra a COVID-19

O risco de infecção varia de nível de acordo com o comportamento individual das pessoas, o ambiente que elas frequentam e o tipo de ação que elas praticam.

Com base nisso, médicos americanos criaram uma lista de risco de contaminação pelo SARS-Cov-2 para diversas atividades diferentes. A listagem considera que as pessoas estejam tomando os cuidados básicos.

Ir à praia ou ao shopping, por exemplo, é um risco considerado moderado. Já abrir uma correspondência implica em um risco muito baixo de contaminação. Porém, ir a um bar, frequentar a academia, a missa ou o culto religioso culmina em riscos altos de infecção.

Abaixo, confira, em detalhes, a lista de risco de contaminação criada pelos médicos americanos.

Risco baixo

  • Receber encomendas;
  • Jogar tênis;
  • Acampar;
  • Buscar comida no restaurante,
  • Ir ao posto de gasolina.

Risco moderado-baixo

  • Ir ao supermercado;
  • Caminhar acompanhado,
  • Passar uma hora em um playground.

Risco moderado

  • Ir a um churrasco em área externa;
  • Praia;
  • Shopping;
  • Piscina compartilhada,
  • Levar os filhos à escola ou à creche.

Risco moderado alto

  • Ir ao cabeleireiro, ao barbeiro ou ao salão de beleza;
  • Casamento ou funeral;
  • Comer em área interna de restaurantes;
  • Viajar de avião;
  • Jogar futebol ou basquete,
  • Abraçar ou cumprimentar.

Risco alto

  • Frequentar academia;
  • Cinema;
  • Estádios;
  • Cultos religiosos com mais de 500 pessoas;
  • Comer em um bufê,
  • Frequentar bares.

Medidas de prevenção

Para se precaver contra o novo coronavírus, recomenda-se:

  • lavar as mãos frequentemente até os punhos, com água e sabão, ou higienizá-las com álcool em gel 70%;
  • ao espirrar ou tossir, cobrir a boca e o nariz com lenço ou parte interna do cotovelo;
  • se tocar no nariz, nos olhos, na boca ou na máscara, deve-se higienizar as mãos;
  • manter distância mínima de um metro entre pessoas em lugares de convívio social e público;
  • evitar beijos, abraços e apertos de mãos;
  • higienizar o celular, os brinquedos das crianças e outros objetos que são utilizados com regularidade;
  • nunca compartilhar objetos de uso pessoal, como toalhas, pratos, talheres e copos;
  • manter sempre os ambientes bem ventilados e limpos;
  • não circular desnecessariamente em ruas, teatros, estádios, shoppings, shows, igrejas e cinemas;
  • se estiver contaminado, evitar contato com outras pessoas, especialmente, doentes crônicos e idosos;
  • ter uma alimentação saudável e procurar dormir bem,
  • usar máscaras em todos os tipos de ambiente.
Instagram