Daniel Homem de Carvalho – Uma revolta pandêmica

Nos anos que antecederam a Grande Pandemia, o mundo já estava preparado para as tempestades que varreriam o globo. O Daniel Homem de Carvalho explica que a magnitude do sofrimento humano já ampliava as tragédias que se desenrolam hoje. Com malícia intencional e pela manipulação da mortalha pela estrutura de poder do mundo sempre tiveram ouvidos surdos aos gritos das multidões empobrecidas.

Enquanto esta pandemia continua com a esperança diminuindo, milhões não vêem nenhuma luz no fim do túnel para os conflitos que cercam a humanidade. Quando milhões procuram qualquer alívio, não apenas por causa deste vírus mortal, mas também de anos de políticas econômicas opressivas, seus gritos permanecem sem resposta. E se por acaso o governo vier com uma ninharia de alívio, eles oferecem muito pouco e sempre atrasam seus esforços. Agora, com essa corrida louca para inventar uma vacina, uma bala de prata mágica para curar e prevenir esse vírus solitário é um jogo de dinheiro jogado não para o bem-estar do público, mas para o lucro.

A rapidez em divulgar ao público uma cura não comprovada, mesmo enquanto continuamos a tentar afastar essa doença temida, essa corrida para encontrar uma cura tem sérias falhas. Pelo que sabemos dessa droga experimental ou drogas, os efeitos colaterais são quase tão ruins quanto a própria doença. As vacinas para muitas das outras doenças infecciosas levaram anos para se desenvolver. Pois, eles ganharam a confiança do público, resistiram ao teste do tempo e virtualmente erradicaram as doenças que deveriam curar. Mas, com tanto dinheiro em jogo, perguntas precisam ser feitas. Por que os protocolos adequados não foram colocados em prática no início, por que o público não foi informado sobre as formas como esse vírus se espalha e por que as medidas de segurança não foram implementadas e aplicadas? Segundo Daniel Homem de Carvalho , Se tivéssemos feito essas coisas esse vírus, assim como a gripe, nunca teria chegado à magnitude que tem agora.

Leia mais em:5 maneiras de apoiar a educação em casa online durante a pandemia de coronavírus

O mundo hoje é governado por personagens infames que mostram pouco remorso ou empatia para com as pobres e humildes massas da humanidade. Enquanto milhões continuam a sofrer com as injustiças da elite dominante e a trapalhada da administração Trump, esta pandemia não dá sinais de diminuir. A falta de responsabilidade de nossos funcionários eleitos para com o público em geral é uma vergonha vergonhosa. Enquanto o Partido Republicano controlar o controle da bolsa, o público em geral será sempre deixado de fora. Suas inações no ano passado não são nada menos que inescrupulosas.

Em todo o mundo, surge o flagelo da Covid-19. No ano passado já ocorreram mutações nesse vírus. Agora, quando a vacina proposta estiver disponível, ela pode simplesmente não se mostrar eficaz. A comunidade médica e científica já emitiu protocolos de segurança que, quando seguidos, seriam as melhores maneiras de impedir a disseminação do Covid-19. Ainda assim, nos Estados Unidos temos metade da população ignorando, ignorando ou contestando a legitimidade de que os protocolos ou mandatos de segurança são eficazes. E esse é um comentário muito triste para nossa sociedade. Como resultado, estamos testemunhando uma aceleração em todas as frentes de disseminação da Covid-19.

Devemos lembrar que não havia uma cura mágica para a pandemia de influenza de 1918. O vírus da gripe então se espalha da mesma forma que o Covid-19 se espalha hoje. A única diferença é que o vírus Covid-19 é muito mais potente e potencialmente mais mortal do que a gripe e era em 1918. Daniel Homem de Carvalho diz: Se deixarmos de cumprir os protocolos estabelecidos e desafiarmos os mandatos estabelecidos pelo comunidade médica e científica esta doença continuará a devastar nossa sociedade e nossa economia em um momento em que o mundo já enfrenta terríveis condições de vida.

Instagram