PoliONU: Estudantes realizam uma das maiores simulações estudantis da América Latina

A 15ª edição do evento promovido pelo Colégio Poliedro terá mais de 300 estudantes e será realizada virtualmente.

Um grupo de mais de 300 estudantes estará reunido virtualmente, entre os dias 11 e 13 de junho, para participar da 15ª edição do PoliONU, uma das maiores simulações estudantis da Organização das Nações Unidas na América Latina, idealizada por alunos do Ensino Médio do Colégio Poliedro. A participação, além de gratuita, é aberta aos alunos das unidades de Campinas, São José dos Campos e São Paulo, e aos estudantes do Colégio Embraer e das escolas parceiras do Sistema de Ensino Poliedro. Nesta edição especial on-line participação estudantes de diversos estados: São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Bahia e Alagoas.

Com duração de aproximadamente seis horas diárias, o projeto tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento acadêmico e do senso de empatia dos estudantes ao mostrar como problemas de outros países podem afetar, direta ou indiretamente, toda a sociedade. Trata-se de um espaço de discussão que visa a apresentar novas ideias que prezam pelo apoio e bem-estar comum.

O evento, que acontece anualmente no Colégio Poliedro em São José dos Campos, é reconhecido pela Unesco e completa 15 anos em 2020.  No entanto, em virtude da pandemia vigente, a 15ª edição do PoliONU será conduzida virtualmente, via Zoom, com todos os cuidados necessários e tecnologia para que se aproxime o máximo possível das versões presenciais.

O posto de Secretário-geral Executivo da edição 2020 será ocupado pelo aluno Tiago Neri Di Lorenzo, que comenta sobre as atribuições dos alunos.”Nós, estudantes, somos responsáveis por planejar todos os detalhes, desde os comitês até as atividades dos intervalos culturais, mas sempre com suporte e orientação do colégio e dos professores. O projeto nos coloca como protagonistas e nos faz refletir sobre grandes questões contemporâneas através de uma experiência que leva o aluno pensar de um ponto de vista totalmente diferente conforme a delegação que ele representará. Dessa forma ampliando a tomada de consciência de uma cidadania global e empática”, explica.

Todos os anos, os estudantes se dividem em comitês para discussão de assuntos diversos. Podem representar delegações de países, ONGs e órgãos da imprensa. A edição especial de 2020 abordará temas que foram destaque em edições anteriores e no comitê da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU).

Como principal tema da atualidade, será abordado o coronavírus e seus impactos nos mais diversos âmbitos. Seguem abaixo os detalhes das divisões:

ComitêTema
AGNU (Assembleia Geral das Nações Unidas)Pandemia de coronavírus e seus diferentes impactos sociais
CDH (Comitê de Direitos Humanos)Violações aos direitos dos povos indígenas e nômades
AGH (Assembleia Geral Histórica)América Latina dos anos 80: combate à cultura do narcotráfico
OIT (Organização Internacional do Trabalho)Escravidão Moderna e a Violação dos Direitos Humanos nas Relações Trabalhistas Atuais
Conferência de BandungA luta anti-imperialista e a formação do terceiro-mundismo
PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento)A ausência de Direitos Humanos nas favelas ao redor do mundo

PoliONU

O PoliONU tem ainda a tradição de executar algumas atividades culturais com o intuito de criar um clima de descontração e aproximar os participantes. Neste ano, a programação incluirá lives musicais e espaços para que os alunos mostrem os seus talentos.

Colégio Poliedro São José dos Campos

A coordenadora do Ensino Médio do Colégio Poliedro São José dos Campos, Andrea Godinho, pontua a importância de um evento como esse para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais e na formação do aluno como indivíduo. “O PoliONU é uma experiência única. Além de desenvolver habilidades acadêmicas tão importantes como a argumentação e a oratória, estimula também a empatia, a sensibilidade, a colaboração e o pensamento crítico frente aos problemas da humanidade. Além disso, a preparação, necessária para o evento, ainda contribui com o repertório de cada estudante, fornecendo subsídios para uma formação acadêmica mais abrangente e concreta”.

Colégio Poliedro

Mais informações sobre a 15ª edição do PoliONU estão disponíveis no site www.colegiopoliedro.com.br/polionu.

PoliONU
PoliONU de 2019

Com sedes em Campinas, São José dos Campos e São Paulo, o Colégio Poliedro trabalha dia a dia com a missão de formar e transformar jovens do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio em cidadãos atuantes, protagonistas e conscientes de seu papel e de sua responsabilidade na sociedade. Para enfrentar o desafio de educar, o Colégio tem como proposta de formação a valorização do conhecimento em um ambiente estimulante, onde se destacam a dedicação, a autonomia e a tecnologia.  

Para saber mais sobre o Colégio Poliedro, acesse: <www.colegiopoliedro.com.br>.

Instagram