5 dicas de ouro para fugir de roubadas no Rio de Janeiro

Para quem busca curtir o Rio de Janeiro, é importante ficar atento para não cair em ciladas. Conheça aqui uma lista de dicas para fugir de roubadas na capital carioca!

O Carnaval está chegando e o Rio de Janeiro é um dos destinos mais sonhados e queridos pelos foliões. Mas nem tudo é alegria na Cidade Maravilhosa. Pela enorme quantidade de turistas nas ruas, nos blocos, no sambódromo, um simples passeio pode se tornar uma roubada.

Seja por conta de golpistas, locais muito lotados e passeios que não entregam o que prometem, o Rio reserva peculiaridades que o visitante tem que tomar conhecimento para que sua viagem não vire um acúmulo de estresses!

Veja algumas dicas para escapar das roubadas em sua visita ao Rio de Janeiro!

Imagem de ASSY por Pixabay

Dicas para aproveitar a visita ao Rio de Janeiro sem nenhuma roubada

Não andar com objetos de valor, evitar vias suspeitas, entre outras coisas fazem parte de cuidados que todos devem ter, e em qualquer cidade. Porém, ao visitar alguns lugares, é importante ficar atento às dicas de segurança.

No Rio de Janeiro não é diferente e para te ajudar a não cair em roubadas, selecionamos algumas dicas. Assim, você poderá aproveitar a infinidade de atrações, sejam os parques, praias, museus, noitada ou a natureza. Veja!

1. Vai de táxi? Fique esperto com o trajeto!

Os taxistas cariocas têm fama de aproveitarem da falta de conhecimento dos turistas sobre as rotas e tarifas. Muitas vezes cobram em excesso, cobram com o taxímetro em bandeira dois, utilizar de trajetos com muito trânsito ou costumam dar algumas voltas extras para aumentar o valor da corrida.

Os motoristas de aplicativo não ficam de fora dessa estatística. O ideal é acompanhar o trajeto pelo seu celular enquanto está dentro do carro, para ver se o motorista está indo pelo melhor ou está rodando mais do que seria necessário.

2. Decidiu ir de carro? Cuidado em dobro!

Se optar por ir de carro, tenha cuidado ao seguir o caminho sugerido pelo GPS. O caminho pode ser mais rápido, porém não mais seguro. Evite trajetos que passem pela linha Vermelha ou Amarela.

Pesquise sempre na internet os melhores trajetos, pergunte em seu hotel ou até para alguma pessoa na rua. Além disso, nunca pegue atalhos!

3. Cristo Redentor: maravilha do mundo e festa para os golpistas

É basicamente um pecado ir ao Rio de Janeiro e não visitar o principal cartão postal carioca, o Cristo Redentor. Os turistas que não se informam da melhor forma de chegar ao ponto turístico pode acabar caindo em golpes. Muitos golpistas abordam os visitantes informando que o trem de acesso ao Cristo não está funcionando e convence a levá-los de van por um valor mais barato, que no final acaba sendo mais caro.

O acesso ao Cristo, seja de trem ou van, tem um valor tabelado: R$56 nos dias de semana e em baixa temporada, R$ 68 nos finais de semana e em alta temporada. Portanto, agora você já sabe que não deve cair nessa conversa de o trem não estar funcionando. Saiba que, caso tenha algum problema, será informado aos turistas!

Imagem de Aline_vieira por Pixabay

4. Arcos da Lapa: escolha o melhor horário

Outro cartão postal da Cidade Maravilhosa e desejo de muitos turistas são os Arcos da Lapa. E, por incrível que pareça, o melhor horário para visitar a Lapa é durante a noite. Os vários bares e rodas de samba dão o tom desse passeio inesquecível carioca.

Os Arcos ficam iluminados, o que não teria o mesmo charme durante o dia. Faça um passeio guiado grátis no Rio de Janeiro para conhecer o bairro boêmio que conquista a todos os visitantes.

5. Aproveite a praia durante a semana

Outro passeio imperdível no Rio de Janeiro são as várias praias, para contemplar as belezas naturais cariocas. Mas, a dica é visitar as praias durante a semana, quando estão menos lotadas. Assim, você evita casos de roubos e arrastões, além de conseguir aproveitar melhor o passeio.

6. Nem tudo o que é bonito é pago

Não caia na conversa de alguns guias turísticos, mesmo os locais, de que os lugares mais incríveis da cidade cobram ingresso. Antes de sair em viagem, crie o seu próprio roteiro pela cidade e aproveite muito mais!

Saiba que existem muitas atrações grátis no Rio de Janeiro, como a cachoeira do Horto, com direito a trilhas incríveis. Outras incluem: Centro Histórico, Parque das Ruínas, museus (conforme dia e horário visitado), Escadaria Selaron, Parque Nacional da Tijuca, Parque Lage, Centro Cultural Banco do Brasil, entre muitos outros.

Então, preparado para curtir o Rio de Janeiro, sem cair em roubadas?