Como realizar o sonho da casa própria

Confira as possibilidades de aquisição de imóvel oferecidas pelo mercado imobiliário atualmente

Conquistar o imóvel próprio é um sonho muito comum entre aqueles que desejam sair do aluguel. Porém, a compra de uma residência é algo que demanda planejamento e pesquisa. Afinal, adquirir uma propriedade para se morar implica diretamente no seu conforto e nas finanças.

Para que a sua compra seja bem-sucedida e você consiga realizar um bom negócio, é importante, ainda, levar em consideração os pontos favoráveis oferecidos pelo mercado imobiliário, como as facilidades de pagamento e os valores mais atrativos. Confira, a seguir, algumas dessas possibilidades que contribuem, e muito, para a realização do sonho da casa própria.

Financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário é uma das maneiras mais comuns, fáceis e rápidas, entre os brasileiros, de se adquirir uma casa. As linhas de crédito habitacional atendem, atualmente, diversos perfis, que vão desde pessoas com baixa renda até a compra de imóveis de valor mais elevado.

Com o financiamento imobiliário, é possível comprar um imóvel parcelado em até 35 anos. Com esta linha de crédito, as parcelas de pagamento da residência tendem a ser mais atrativas, além de terem juros mais baixos que as demais opções de crédito pessoal.

Na maioria dos casos, é possível utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o pagamento da entrada do imóvel, que costuma ser entre 20% e 30% de seu valor, e ter o restante parcelado, podendo incluir alguns documentos e demais taxas adicionais nas parcelas.

Financiamento Minha Casa, Minha Vida

O programa de financiamento imobiliário Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, é um dos grandes facilitadores disponíveis, atualmente, para a aquisição de um novo imóvel. Isso porque a renda exigida para a contratação do crédito é mais baixa que as demais, a partir de R$ 1800.

Além disso, as taxas de juros cobradas são menores e o prazo de pagamento é maior que os demais. Outro ponto positivo do programa é a facilidade oferecida para funcionários públicos, que podem, inclusive, conseguir melhores valores nas despesas do cartório, com os registros necessários para a regularização do imóvel.

Compra de apartamento na planta

A principal vantagem de comprar um apartamento na planta é conseguir pagar um valor mais atrativo. Além disso, as construtoras estão mais abertas à negociação no período de vendas de unidades ainda na planta, o que aumenta as chances de conseguir pagar mais barato por um imóvel.

Junto à vantagem de comprar um apartamento mais barato que os demais, a propriedade será entregue em plenas condições de uso, livre da necessidade de reformas e demais reparos. Dependo das negociações feitas no ato da compra, é possível, ainda, fazer algumas alterações no projeto original, o que oferece mais conforto para os futuros moradores da unidade.

Para finalizar, comprar um imóvel novo é apostar na valorização da propriedade — e ter grandes chances de ganhá-la. Isso acontece porque, com o surgimento de um novo empreendimento, é comum o comércio local se expandir, assim como estações de metrô e demais formas de transporte público.

Compra de imóveis em leilão

Os imóveis vendidos em leilão costumam ter valores bem mais atrativos. Muito comum em casos de apartamentos, as propriedades vendidas costumam ser novas. Ou seja, além de conseguir comprar uma residência mais barata que o preço de mercado, não haverá a necessidade de se preocupar com reformas e demais reparos.

Geralmente, a compra de imóveis em leilões tende a ser à vista, mas, em alguns casos, é possível negociar um financiamento imobiliário, especialmente, em leilões de propriedades que ainda pertencem aos bancos — na hipótese da propriedade ter ido à leilão por não pagamento do crédito habitacional. 

Por último, o leilão oferece a possibilidade da compra de um imóvel novo sem a necessidade da espera de até três anos para a sua entrega. Em poucos meses, é possível receber as chaves de sua nova propriedade.   

Instagram