AFPESP realiza campanha para doar cestas básicas

Iniciativa tem a parceria da Ação da Cidadania, fundada por Betinho,que distribuirá os alimentos a famílias paulistas carentes.

A Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo (AFPESP) realiza, até 15 de setembro, a campanha “90 Anos de Solidariedade”, destinada à aquisição e doação de cestas básicas a famílias ameaçadas pela insegurança alimentar, em meio à grave crise da Covid-19. “Iniciativas como a que estamos adotando precisam ser multiplicadas no Brasil, diante da situação de vulnerabilidade de muitas pessoas e agravamento da fome, devido à alta dos preços dos alimentos, ao grande índice de desemprego e ao fato de o auxílio emergencial sofrer uma série se interrupções, reduções de valores e limitações para beneficiários”, alerta o médico Álvaro Gradim, presidente da entidade.

A campanha é realizada em parceria com a associação Ação da Cidadania, que há 28 anos trabalha para estimular a participação cívica na melhoria das políticas públicas sociais. Esta instituição, que tem um projeto de segurança alimentar, receberá 100% do valor arrecadado pela AFPESP e se encarregará de comprar e distribuir as cestas básicas para famílias carentes no Estado de São Paulo.

A Ação da Cidadania foi fundada pelo falecido sociólogo Herbert de Souza, Betinho, com o intuito de combater a fome e a desigualdade socioeconômica. À época de sua criação, em 1993, 32 milhões de brasileiros viviam abaixo da linha da pobreza. Com o tempo, a instituição organizou uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias.

Como doar

Sugerem-se doações de R$ 20,00, R$ 40,00 ou R$ 60,00. Porém, associados ou não da AFPESP podem contribuir com o valor que desejarem e quantas vezes quiserem. Para isso, basta realizar um depósito, transferência ou pix na conta da associação no Banco do Brasil: Agência: 3344-8; conta corrente: 5468-2; CNPJ: 62.149.000.0001/05. Os associados titulares têm mais uma opção: no portal de informações da entidade, na área do associado, podem fazer sua contribuição por meio de cartão de crédito. Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas na página oficial da campanha na internet: https://digital.afpesp.org.br/90anosdesolidariedade .

Em 2020, a AFPESP já havia realizado a campanha “Unidos um pelo outro”. Na oportunidade, foram entregues 7,5 toneladas de alimentos para 163 famílias e distribuídos equipamentos de proteção individual para os hospitais dos servidores públicos Estadual e Municipal, além de produtos de higiene para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Agravamento da fome

A fome sempre foi um problema no Brasil, mas, com a Covid-19, a situação piorou muito. Antes da pandemia, havia 57 milhões de pessoas vivendo em insegurança alimentar no País, sem acesso pleno e permanente a alimentos. Segundo pesquisa da PENSSAN (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional), realizada em dezembro de 2020, 116,8 milhões de pessoas passaram a viver em insegurança alimentar, sendo que 43,3 milhões não têm acesso aos alimentos em quantidade suficiente (insegurança alimentar moderada) e 19 milhões passam fome (insegurança alimentar grave).

De acordo com pesquisa do DataFolha, divulgada em 20 de maio último, um a cada quatro brasileiros relata que a quantidade de comida para sua família foi menor do que o suficiente nos últimos meses. Além disso, 88% dos entrevistados disseram perceber que a fome no Brasil aumentou. A situação é mais sentida por pessoas menos escolarizadas. Faltaram alimentos para 40% dos que têm apenas o Ensino Fundamental completo. Onde só um adulto trabalha, 29% tiveram menos comida do que o suficiente. Onde nenhum trabalha, o número salta para 35%.

“Os números deixam muito claro ser necessário contribuir para mitigar a fome em nosso país, num gesto de solidariedade e amor ao próximo”, afirma Álvaro Gradim, concluindo: “A AFPESP fará todo o empenho possível no sentido de arrecadar recursos para ajudar as famílias a se alimentarem e darem comida aos seus filhos. Para isso, contamos com a participação de nossos 250 mil associados e todas as pessoas de boa vontade”.

AFPESP

A Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo (AFPESP) é uma entidade sem fins lucrativos e direcionada ao bem-estar dos servidores civis estaduais, municipais e federais atuantes do território paulista. Fundada há oito décadas, é a maior instituição associativa da América Latina, com mais de 244 mil associados.

Está presente em mais de 30 cidades. Tem sede e subsede social no centro da capital paulista, 20 unidades de lazer com hospedagem em tradicionais cidades turísticas litorâneas, rurais e urbanas de São Paulo e Minas Gerais, além de 16 unidades regionais distribuídas estrategicamente no Estado de São Paulo.

Álvaro Gradim -Foto: Divulgação AFPESP
Instagram