4 ótimos passeios para se refrescar na região de Ribeirão Preto

Especialmente, no verão, turistas precisam de estratégias para lidar com as temperaturas elevadas da região. Confira alguns lugares bonitos para conhecer e se refrescar

Ribeirão Preto é um dos destinos mais visitados no interior de São Paulo. Com mais de 590 mil habitantes, a cidade reúne uma variada estrutura de comércios, mas também é conhecida como um importante polo universitário, especialmente, na área da saúde.

A cidade ainda é reconhecida por intensas mudanças de temperaturas, que atingem uma média de 13°C no inverno e costumam passar dos 32°C no verão. Nos próximos meses, moradores e visitantes precisam tomar cuidados redobrados com o calor.

Por isso, se você deseja conhecer ou revisitar a região de Ribeirão Preto, antes de comprar suas passagens na Princesa do Norte, confira algumas sugestões de passeios para conseguir se refrescar, mesmo em dias de muito calor.

Jardim japonês

Procurar áreas com bastante vegetação é um bom jeito de lidar com temperaturas elevadas. A cidade oferece alguns parques e o famoso Jardim japonês, uma das principais atrações turísticas locais, construído para homenagear a comunidade nipônica dali.

Além da vegetação bonita, esse jardim possui lagos, o que é ótimo para amenizar a sensação térmica. Também vale passear pelas pontes e pelos quiosques do local, admirando as plantas ornamentais que são marcantes na cultura e no paisagismo japonês.

Prainha do Tamanduá

Situada nas proximidades do município de São Simão, a menos de 50 quilômetros de Ribeirão Preto, essa praia se localiza às margens do rio Tamanduá. No verão, esse é um dos lugares mais frequentados por moradores e turistas, chegando a atrair até 3 mil visitantes nos fins de semana.

Essa praia está situada em uma reserva ecológica e área de preservação ambiental. O principal atrativo são as águas cristalinas, oriundas de diferentes nascentes, o que é ideal para refrescar os visitantes.

A prainha é dividida em três regiões: a orla maior, com acesso gratuito e disponibilidade de banheiros, um setor dentro de uma fazenda, com churrasqueiras, bares e quiosques, e uma área para quem gosta de acampar.

Cachoeira do Itambé

Essa cachoeira impressiona pela vasta vegetação distribuída em um vale e por possuir nada menos do que 84 metros de altura. Além de refrescar, a visita é recomendada, principalmente, para quem adora um contato mais direto com a natureza. Outro atrativo são as trilhas existentes ali.

Uma delas está situada no pé dessa cachoeira e apresenta um declive acentuado de 100 metros de descida, acessada por visitantes apenas por cordas, que acabam servindo como corrimão. No topo da cachoeira, existe uma área com estacionamento e um bar para os visitantes admirarem a vista panorâmica espetacular do entorno.

Sorveteria do Geraldo

Outra atração bastante conhecida na cidade, essa sorveteria atrai moradores e turistas há mais de 40 anos. Fundado por Geraldo Caramori, o estabelecimento oferece variados sabores feitos artesanalmente.

Ao colocar pequenas mesas e cadeiras na calçada, a sorveteria resgata a experiência de estar em uma cidade interiorana. Além dos sorvetes de massa, o estabelecimento oferece sobremesas variadas, como banana split, brigadeiro, bolos e licores.

Cachoeira do Baú

Localizada na fronteira entre São Paulo e Minas Gerais, em Santo Antônio da Alegria, essa cachoeira está a cerca de 97 quilômetros de Ribeirão Preto. Ela contém três quedas d’água, sendo a primeira delas de fácil acesso e com uma vasta área com gramado, o que torna o local convidativo para um bom piquenique.

Além disso, nas proximidades da cachoeira, existe uma pequena represa, indicada, sobretudo, para as crianças, por ser uma área com águas mais tranquilas e sem pedras.

Instagram