Como faço para conseguir o visto italiano?

Se você deseja ficar por mais tempo na Itália ou até morar, então saiba que irá precisar do visto italiano. O país conta com algumas regras e processos que precisam ser seguidos para obter o visto.

Para saber mais sobre o passo a passo e quais documentos para obter seu visto, continue lendo esse conteúdo!

Como faço para conseguir o visto italiano?

Não é necessário que os brasileiros tenham um visto italiano para circular dentro do país, desde que o período de permanência não passe dos 90 dias. Além disso, é preciso que o motivo da viagem seja:

  • Turismo;
  • Competição esportiva;
  • Formação religiosa;
  • Estudo.

Esses 90 dias começam a contar a partir da data de entrada da pessoa no país. Mas, caso a pessoa deseje ficar na Itália por mais de 90 dias, será preciso solicitar o visto italiano.

Para isso, é preciso ir até uma repartição consular, com data marcada. Pois, caso alguém entre na Itália sem um visto e pretenda ficar mais de 90 dias, não poderá fazer a solicitação no país e nem emitir o visto, tampouco prorrogar sua estadia.

Isso porque, o visto italiano de turismo é emitido na entrada do país. Caso a pessoa precise estudar, trabalhar ou algum outro motivo que precise se mudar para o país, também deverá apresentar o visto.

Ou seja, antes de ir para a Itália, você deve ir até uma embaixada ou consulado italiano no Brasil, mais próximo de sua região. Para assim saber se você preenche os requisitos para obter o visto e poder tirá-lo.

Ao chegar no país, é só apresentar o seu visto.

Documentos necessários para solicitar visto italiano

Para obter o seu visto italiano, será preciso apresentar uma série de documentos, de acordo com o motivo. Mas, há três documentos que são obrigatórios em todos os casos:

  • Formulário de solicitação de visto;
  • Passaporte com validade superior a três meses da estadia pretendida;
  • Duas fotos 3,5×4,5cm (padrão oficial italiano).

Para ficar por dentro de quais são os documentos exatos para cada tipo de visto, o ideal é visitar o site Visto per Italia, que conta com um simulador de visto completo. E para saber qual o Consulado Italiano que atende sua região, acesse o site da Embaixada.

Vale lembrar que alguns documentos será preciso traduzir para italiano, então deverá fazer uma tradução juramentada deles. Conte com o apoio de uma empresa especializada em tradução em italiano que irá fornecer o melhor serviço.

Quanto tempo demora para tirar o visto italiano?

O visto para a Itália tende a ser emitido dentro se um mês logo após o pedido. Porém, caso o pedido seja mais difícil, então o prazo também tende a ser maior, já que leva mais tempo para ser analisado.

Os vistos de estudo levam cerca de 1 mês, enquanto os vistos de trabalho podem levar de 30 até 120 dias, dependendo do tipo de trabalho, se é por contrato ou autônomo.

Permesso di soggiorno

Após obter o seu visto e chegar até Itália, será preciso solicitar o Permesso di soggiorno. Esse documento trata-se de uma autorização por parte da polícia para sua estadia no país.

Esse documento é obrigatório, junto com o visto, para sua permanência de forma legal na Itália. Pois, o visto italiano serve para sua entrada no país, enquanto esse documento serve para sua permanência.

Caso não tenha esse documento, você não poderá realizar uma série de funções, como alugar uma casa, comprar chip de celular ou tirar o seu CPF. Sendo assim, ao chegar até o país, vá até uma Questura ou Correios e peça o documento.

Lembre-se de que esse pedido precisa ser feito dentro de até 8 dias após pisar em solos italiano.

Documentos necessários para permesso di soggiorno

Agora que você já sabe como solicitar o visto e o o Permesso di soggiorno, veja logo abaixo quais são os documentos necessários para realizar o último processo.

  • Módulo preenchido e assinado;
  • Fotocópia do passaporte;
  • 4 fotos 3,5×4,5cm;
  • Fotocópia da matrícula no curso desejado ou contrato de trabalho;
  • Fotocópia do seguro saúde que cubra todo o período de permanência no país;
  • Marca da bollo (selo fiscal) de 16€;
  • Pagar a taxa: 40€ (período inferior a 1 ano,) e ou 50€ (período superior a 1 ano).

Vale notar que o processo para obter o seu Permesso di soggiorno é similar com o do visto. Isso quer dizer que, se você tem um visto de entrada para estudante, então o seu Permesso di soggiorno deve ser igual.

O mesmo também vale para o visto de trabalho ou de qualquer outro tipo.

Conclusão

Em suma, o visto Italiano deve ser requerido antes mesmo de viajar para a Itália, caso queira ficar por mais de 90 dias no país ou morar. Há uma série de vistos diferentes para escolher e cada um tem os documentos específicos.

Por fim, caso ainda tenha alguma dúvida ou tenha gostado desse conteúdo, não esqueça de deixar o seu comentário e compartilhar com os amigos!

Imagem de Gerhard Bögner por Pixabay 

Instagram