Inteligência Artificial ajuda a salvar vidas ao acelerar a contratação de profissionais de saúde durante a pandemia

Em uma pandemia como a que estamos enfrentando, causada pelo novo coronavírus, as respostas precisam ser rápidas e com o mínimo de falhas. Isso vale também para a contratação de profissionais do setor de saúde que estão na linha de frente do combate a Covid-19.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil é o 8º maior mercado de saúde no mundo. Conta com 2,18 médicos para cada mil habitantes – o 4º maior país com população médica – mais de 6 mil hospitais e cerca de dois milhões de enfermeiros, técnicos e auxiliares. O segmento de saúde do Brasil movimenta aproximadamente R$ 20 bilhões anualmente, garantindo emprego para cerca de 12 milhões de pessoas. O SUS (Sistema Único de Saúde) é responsável por grande parte desse impacto na economia nacional.

COVID-19

Mesmo com toda essa estrutura, a Covid-19 se tornou um grande desafio para os gestores públicos e também das instituições privadas, com a necessidade de expandirem seus quadros para atender ao crescimento da demanda por profissionais e leitos, já vista em outros países.  Não é exagero dizer que a Inteligência Artificial está transformando a dinâmica das contratações nesse segmento, ajudando a acelerar a formação das equipes que estão na linha de frente do combate ao vírus.

Isso está acontecendo porque, ao utilizarem as tecnologias existentes é possível detectar, por meio de algoritmos, os candidatos mais qualificados em larga escala ainda na fase pré-admissional e selecionar aqueles com maior potencial de produtividade para as vagas abertas.

Se um ser humano demora minutos para fazer uma análise de currículo, a inteligência artificial consegue avaliar milhares de candidatos em poucos segundos. Ou seja, o ganho de tempo – em um momento de pandemia onde cada dia conta – é brutal. Ainda assim, é importante salientar que ela não substitui um especialista humano para interpretar suas variáveis e para lapidar relacionamentos e resultados em torno dela.

O uso desta tecnologia também contribui para que as seleções sejam mais justas, e baseadas nas reais qualificações de cada candidato. Além de eliminar o chamado viés inconsciente – estereótipos que criamos, preconceitos que temos ou associações que fazemos com base em nossa vivência e muitas vezes não percebemos –, a produtividade trazida pela IA garante que todo currículo recebido seja avaliado. Não existe o risco daquele candidato perfeito para a vaga não ser selecionado, justamente porque o RH não conseguiu avaliar todos os currículos a tempo.

Referência brasileira em medicina e também no combate a Covid-19 no Brasil, o Hospital Israelita Albert Einstein se tornou um exemplo de sucesso no uso da Inteligência Artificial na contratação de profissionais de saúde. Usando a tecnologia da Rocketmat, o hospital disponibilizou os links de avaliação para que os candidatos pudessem responder de maneira digital a uma das etapas do processo seletivo.

Com os formulários devidamente analisados pela IA, foi possível, em menos de três dias, preencher em torno de 150 vagas – uma seleção que demoraria cerca de 30 dias, caso fosse feito de forma convencional. O próprio hospital considerou este o processo mais ágil de contratação em massa já feito em sua história. O resultado, no fim das contas, é uma maior capacidade de atendimento em menos tempo, e consequentemente mais vidas salvas.

Inteligência Artificial

O uso da Inteligência Artificial para a gestão do RH na saúde é um caminho sem volta. Passada a pandemia, esta tecnologia continuará contribuindo para que os departamentos de RH dos hospitais e instituições de saúde possam dedicar mais tempo ao que é estratégico. Executar centenas de telefonemas e enviar milhares de e-mails não será mais atribuição dos profissionais do departamento. A automação nas funções mais mecânicas, além de agilizar os trâmites, permitirá que os funcionários do Departamento possam ter suas mentes livres para focar em projetos mais criativos.

Tiago Machado

Por Tiago Machado é sócio da Rocketmat, empresa brasileira de Inteligência Artificial especializada em analisar e desenvolver algoritmos, baseando-se em dados de pessoas originados de educação, carreira, comportamentais – soft hard skills e desempenho.

Instagram