Lençóis Maranhenses: um espetáculo de areia no litoral nordestino

Passeio pelo parque proporciona experiência incomparável, com sua paisagem característica tomada por dunas, lagoas e praias

No maior campo de dunas da América do Sul, as opções de atividades para o turismo são extremamente variadas. Os Lençóis Maranhenses oferecem uma reserva de 155 mil hectares para a visitação de belíssimas montanhas de dunas de areia, lagoas naturais com águas cristalinas, rios que percorrem a região, praias e também uma fauna e flora nativas sem igual.

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é uma unidade de conservação mantido e monitorado pelo ICMBio. A entrada do parque se concentra, principalmente, na cidade de Barreirinhas. A cidade é a de mais fácil acesso para os turistas, localizada a cerca de 260 km da capital do estado, São Luís. A cidade é conectada por uma rodovia pavimentada, tem 60 mil habitantes e também conta com uma boa estrutura física para acomodar os viajantes, contando com maior número de hospedagens, agências de viagem e restaurantes, além de vida noturna ativa.

A cidade conta também com um belo vilarejo chamado Atins dentro de seus limites, com acesso mais restrito, que deve ser feito por travessia de balsa sobre o Rio Preguiças. As opções para hospedagem e agências de viagem são mais escassas, o que pode tornar o serviço mais caro. Apesar disso, é um local único e charmoso por se tratar de um antigo vilarejo de pescadores. Mesmo que o turista escolha a estadia na parte principal de Barreirinhas, vale a pena dedicar um tempo para conhecer as ruas de areia e construções do local.

A região faz calor durante todo o ano, mas existem épocas mais propícias para a visitação. Os meses de junho a janeiro são caracterizados pela seca, enquanto de fevereiro a maio a estação é de chuvas, que preenchem as dunas e formam as famosas lagoas da região. Para não perder essa importante atração, o turismo é mais produtivo quando feito logo após o término do período úmido, entre os meses de maio e setembro, em que os reservatórios de água estão cheios e podem ser admirados e utilizados para banho. As mais conhecidas são a Lagoa Bonita e a Lagoa Azul, mas o Parque conta também com belas praias de ventos intensos, que permitem a prática do kitesurf. 

O passeio pelo Rio Preguiças também possui suas vantagens, com diversos vilarejos à sua margem e vegetação local. Um desses vilarejos é o de Vassouras, onde tem acesso à parte conhecida por Pequenos Lençóis, que possui um terreno ideal para realizar passeios de quadriciclo, andando por dunas e locais inundados. O vilarejo é também conhecido como terra dos macacos-prego, por ter uma grande população da espécie habitando as árvores da área.

Outro animal típico da região são os guarás. A ave é abundante na região litorânea atlântica da América do Sul e possui uma cor avermelhada, devido à sua alimentação à base de caranguejos, ricos em betacaroteno. Nos fins de tarde, elas colorem o céu com suas plumas, voando pelo território, principalmente na foz do Rio Preguiças.

A maneira mais fácil para chegar até a reserva é através do aeroporto de São Luís e, posteriormente, o caminho de estrada até Barreirinhas. No entanto, pessoas aventureiras podem buscar por um aluguel de carro em Maceió e percorrer o litoral de vários estados do Nordeste por rodovia. O percurso de carro pelo litoral contempla Recife, João Pessoa, Natal e Jericoacoara, e pode ser uma viagem bastante completa e divertida, com paisagens bonitas e únicas, que tornarão essa experiência inesquecível.

Foto:divulgação, istock

Instagram