Como incorporar a máscara de proteção aos looks do dia a dia

Em outras culturas, máscaras já eram consideradas um acessório antes mesmo da pandemia atual

A COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, provocou, no mundo todo, a maior pandemia dos últimos 100 anos. Presente em praticamente todos os territórios do globo, nos dias atuais, a situação forçou as pessoas e os mercados a se reinventarem para se adequar às dinâmicas do que vem sendo chamado de “novo normal”.

Parte delas inclui o uso das máscaras de proteção como prevenção de contágio. A utilização correta deve cobrir tanto o nariz, quanto a boca. Por ser recomendada em todas as ocasiões externas, ela se tornou o acessório do momento. Assim, tem-se pensado, cada vez mais, nas possíveis maneiras de unir moda e proteção.

Acessório novo

Pode parecer estranho tratar as máscaras como acessórios de moda, tais como as bolsas e os brincos, por exemplo. É claro que as motivações para o uso desses diferentes objetos, em especial, quando pensamos em como incorporá-los em looks de moda, são bastante diferentes.

Entretanto, a verdade é que, uma vez que o seu uso é necessário, a melhor forma de trazer esse item para o cotidiano é ressignificar o seu simbolismo, sem esquecer de que se trata de um momento particular no tempo e na história.

É importante começar dizendo que é essencial que você tenha mais de uma máscara, especialmente, para aquelas pessoas que saem todos os dias a trabalho. Isso vai, acima de tudo, proporcionar maior segurança, uma vez que você poderá lavar sua máscara utilizada no dia anterior e usar outra para sair no dia seguinte.

Dessa forma, uma maneira bastante simples de começar a pensar na combinação entre as máscaras, o restante de suas roupas e acessórios é por meio da combinação de cores desses elementos.

Tenha, pelo menos, uma máscara preta. Assim como com qualquer outra peça de vestuário, o preto básico é um curinga na composição de looks. A máscara preta também é a mais indicada para situações formais, como reuniões. Além disso, é a mais adequada para quem trabalha em setores mais gerenciais e administrativos, como bancos, escritórios e empresas com prestação de serviços, similares a esses dois exemplos.

Contudo, é importante ressaltar que a máscara preta chama menos atenção se tiver um par da mesma cor. Assim, caso seu look não tenha nenhum outro elemento preto, além da máscara, acrescente para que ela não fique sozinha e, dessa maneira, se torne mais incorporada ao todo da composição.

A máscara branca é uma ótima opção para quem quer ou precisa optar por cores mais sóbrias, saindo do pretinho básico. Por também ser uma cor mais leve, ela não necessita de par, podendo ser, assim, a única peça branca de toda a composição.

Ou seja, cores mais claras não precisam, necessariamente, de outro elemento no conjunto do look para fazerem par. Já as cores escuras ficam mais bem harmonizadas quando não estão sozinhas na composição. Caso queira usar máscaras com clores claras, que combinem com as do look, aposte no tom sobre tom.

Quem trabalha em setores criativos, como artes, design e arquitetura, ou quer um acessório menos sério na hora de ir ao supermercado, também pode optar pelas máscaras estampadas.

Nessas situações, a combinação feita entre máscara e look pode ser mais simples do que aparenta. A dica de ouro é seguir a cor de fundo da estampa e, nesses casos, sempre incorporar, pelo menos, outro elemento do restante do look que tenha a mesma cor, seja ela mais clara ou mais escura.

Uso de máscara em outras culturas

Em alguns países do continente asiático, o uso de máscara no dia a dia antecede o momento em que vivemos atualmente. Em especial, no Japão, o uso deste acessório já está presente na vida das pessoas há algumas décadas. No país, inclusive, a utilização da máscara é vista, há muito tempo, como um sinal de respeito ao próximo.

Como algumas cidades do Japão têm alta densidade demográfica, ou seja, vários habitantes vivendo em pouco espaço geográfico, as aglomerações são uma realidade em muitos pontos do país. Assim, na próspera ilha, sair de casa utilizando máscara já era, muito antes da pandemia, uma forma de contribuir com a saúde pública.

Vale ressaltar que o Japão é, entre as maiores economias do mundo, o país menos afetado pela COVID-19 devido à combinação de diversos fatores, sendo um deles o fato de que a utilização de máscara já é algo bem aceito e praticado pela população.

Instagram