Pediatra do Sistema Hapvida orienta sobre cuidados essenciais no retorno às aulas presenciais

O retorno às atividades escolares, por mais necessário que seja, ainda gera uma preocupação aos pais no que diz respeito aos protocolos de segurança durante a atual crise sanitária. A Sociedade Brasileira de Pediatria ressalta a importância dos pais manterem-se informados, por meio de fontes confiáveis, sobre os riscos e os cuidados, como o uso de máscara de proteção, orientação sobre distanciamento, cuidados de higiene etc.

Sistema Hapvida

De acordo com o médico pediatra do Grupo São José Saúde, empresa do Sistema Hapvida, Carlos Renê, o distanciamento social (a permanência em casa e aulas a distância) gerou impactos negativos para o desenvolvimento das crianças.

 “Aqueles pais que estão receosos de liberar os filhos para a escola pelo medo do coronavírus devem avaliar também os efeitos nefastos do não retorno às atividades presenciais como problemas emocionais, comportamentais e até orgânicos. Nós pediatras temos observado o aumento destes casos no consultório”, destaca o médico.

O especialista também comentou sobre a importância dos pais serem exemplos de como manter a proteção em dia, para que o comportamento das crianças seja seguro na sala de aula.

Dicas para retorno com segurança:

  • Não compartilhar objetos (lápis, borracha, caderno etc);
  • Optar por levar lanche de casa e não compartilhar com os colegas;
  • Uso de máscara obrigatório para crianças acima de dois anos;
  • Durante as aulas de educação física a permanência do uso das máscaras de proteção, caso fiquem úmidas, sujas ou rasgadas devem ser trocadas imediatamente;
  • Atenção ao transporte escolar! Informe-se como será a logística, número de crianças e qual o distanciamento entre elas;
  • Ar-condicionado em hipótese alguma;

Imagem de Julio César Velásquez Mejía por Pixabay 

Instagram