Tecnologia

Cultura de dados: o que é e por que é essencial para as empresas

Um dos termos mais populares atualmente no mundo dos negócios é a cultura de dados. Ela se refere à capacidade que uma equipe tem de coletar e interpretar informações que sejam importantes para as tomadas de decisão.

Em geral, as empresas já observam alguns indicadores, como os números do balanço contábil e o crescimento de acessos no site. Porém, olhar apenas para esses dados não é suficiente para dizer que a empresa é data-driven (termo em inglês que significa orientada por dados). Entenda melhor!

O que é a cultura de dados

Como o próprio nome sugere, a cultura de dados não é um comportamento individual ou de apenas uma equipe. É uma verdadeira mentalidade que está incorporada ao dia a dia da empresa, por isso, se chama cultura.

Esse tipo de estratégia é útil, pois utiliza um dos ativos mais abundantes da atualidade, que são os dados, e permite conhecer o público-alvo, os concorrentes e as tendências com mais facilidade. Basta pensar, por exemplo, que quando uma pessoa utiliza a internet ela compartilha algumas informações sobre si, como localização, idade e alguns interesses, o que pode ser suficiente para a divulgação de um produto.

Além do mais, a utilização de dados garante que as decisões não sejam feitas apenas no escuro, baseadas no senso comum. Outras vantagens são gerar insights diferentes, reduzir o tempo de lançamento de um produto no mercado e melhorar a produtividade do time.

Como aplicar a cultura de dados na organização

Para as empresas que ainda não tem a cultura de dados inserida, é interessante colocar em prática os seguintes passos:

Implante a cultura da mensuração

A mensuração está associada com acompanhar de perto os resultados. Em algumas organizações, apenas os gestores é que tomam conta dessa parte, o que pode fazer com que o restante do time não entenda na prática a importância dos dados.

Por esse motivo, é importante começar a fazer reuniões para tratar dos números dos resultados e levantar discussões sobre o que pode ser feito para melhorar. Assim, todos se sentirão mais parte do negócio e conhecerão o poder dessas informações.

Defina as metas a serem atingidas

Mesmo em empresas que ainda são pequenas, é importante definir os OKRs. Além de ajudar o gestor a saberem para onde vão, também é algo que pode motivar as equipes o que deve ser feito e o que será medido.

Vale notar que cada organização pode ter um ou mais objetivos, sendo que cada objetivo tem alguns indicadores que o compõem. Para melhorar o atendimento ao público, por exemplo, é possível definir que o tempo de resposta para os clientes deve diminuir pelo menos 10% e assim por diante. É recomendável que cada equipe tenha os próprios resultados-chave que atendam aos objetivos gerais da empresa.

Disponibilize os dados para todos

O compartilhamento de informações é muito importante para sustentar uma cultura organizacional, e não seria diferente quando se pensa em dados. Mesmo que os colaboradores atuem em áreas distintas, como comunicação e tecnologia, todos devem ter acesso aos dados, afinal, cada um poderá tirar as próprias conclusões e contribuir de alguma forma.

Contrate especialistas

Dependendo da estrutura da empresa, é importante que ela tenha ao menos um cientista e um analista de dados. Enquanto o primeiro se debruça para tirar insights e propor soluções ao negócio, o segundo desenvolve um trabalho complementar, que pode envolver até a extração e apresentação de informações.

Mesmo que os colaboradores saibam utilizar as planilhas eletrônicas e até algum programa mais avançado, é necessário que haja ao menos um especialista dedicado a observar os dados. De toda a forma, vale lembrar, esse tipo de informação pode ser compartilhada por toda a empresa.

Como se percebe, adotar uma cultura de dados demanda tempo, pois exige engajar todas as equipes nesta temática. Porém, é um esforço que traz vantagens, uma vez que as informações garantem decisões mais estratégicas e mais ganhos para os negócios. Não é à toa que as empresas mais competitivas do mercado já investem nessa estratégia.

Imagem de Firmbee por Pixabay

Instagram