Brasil tem primeiro petshop da América Latina a implementar tecnologia de reconhecimento facial para pagamentos

País é o terceiro maior mercado pet do mundo. Com tecnologia da startup Payface, a rede de petshops Poli-Pet passa a oferecer aos clientes a opção de pagar com o rosto

A Poli-Pet, rede de petshops do interior de São Paulo, passa a oferecer em uma de suas lojas físicas a opção de pagamento por reconhecimento facial, tornando-se a primeira petshop da América Latina implementar a  nova tecnologia. Com solução da startup Payface, a ferramenta conecta o rosto de cada usuário com o seu cartão de crédito. Sem precisar mostrar o cartão, o consumidor poderá optar por pagar seus produtos usando apenas o rosto, diminuindo filas, evitando contato físico e com maior segurança. A tecnologia está instalada nos caixas da unidade Poli-Pet Vila Ema, em São José dos Campos (SP)

Poli-Pet Vila Ema

Newton Suda, gerente de T.I da Poli-Pet, explica que a integração faz parte da preocupação do negócio em inovação, que foca nos consumidores e suas necessidades. “Acreditamos que a solução vai proporcionar mais facilidade e segurança para os clientes na hora procurar produtos para seus pets. Principalmente em um momento delicado como o da pandemia, é importante que os petshops acompanhem o processo de transformação digital, já que o mercado é um dos estabelecimentos considerados como serviço essencial”, explica Suda. Segundo projeções do Instituto Pet Brasil, o mercado de animais de estimação encerrou o último ano com faturamento de R$ 40,1 bilhões e crescimento de 13,5% em relação ao ano anterior — índice 6,88% maior do que aquele projetado nos primeiros seis meses do ano passado.

Petshop

Para Eládio Isoppo, cofundador e CEO da Payface, a implementação na Poli-Pet mostra o potencial que a tecnologia de reconhecimento facial tem para avançar por todos os setores varejistas, não só o alimentício e farmacêutico, que haviam sido, até agora, contemplados pela startup. “Na contramão da maioria dos setores que sofreram com a crise econômica, os pet shops tiveram um crescimento acima do esperado em 2020. Passando mais tempo dentro de casa junto aos animais, as pessoas acabam tendo maior interação com os bichinhos. É um mercado em grande expansão e, por isso, também temos o compromisso em atendê-lo, fornecendo uma experiência de pagamento mais fácil e rápida aos clientes”,  explica Isoppo.

Reconhecimento facial

Para começar a pagar por reconhecimento facial, o usuário baixa gratuitamente o aplicativo da Payface no seu celular e cadastra seu rosto e formas de pagamento. No momento em que for fazer suas compras, o consumidor se posiciona em frente a um dispositivo móvel instalado junto ao caixa e faz a sua identificação com o rosto, sem precisar usar o celular. Então, com a identificação validada pelo sistema, o atendente, do outro lado, confirma o valor e finaliza a compra com a autorização do cliente. Todo o processamento é feito sem nenhum toque no dispositivo ou uso de cartão.

Payface

Fundada em 2018, em Florianópolis (SC), a Payface surgiu com o objetivo de reduzir as filas nos estabelecimentos e acelerar o processo de compra. Percebendo a demora para finalizar o pagamento nos varejos, os cofundadores Eládio Isoppo e Ricardo Fritsche decidiram transformar esse processo de alguma forma, proporcionando uma experiência de compra diferente. Com três anos de atuação, a startup já tem seus primeiros pilotos implementados pela rede de supermercados Angeloni, em Florianópolis (SC), Super Muffato, em Londrina (PR), Zona Sul, em Rio de Janeiro (RJ) e pela Drogaria Iguatemi, em São Paulo (SP). 

Poli-Pet

Em atuação há 40 anos, a Poli-Pet oferece diferentes serviços para animais de estimação, com produtos e serviços em estética animal, acessórios, farmácia e medicina veterinária. A marca conta com 13 lojas físicas espalhadas pelo interior do estado de São Paulo, além da loja online e de seu Hospital Veterinário, com infraestrutura e equipamentos de última geração para a saúde e bem estar dos pets. É uma das maiores redes do setor em São Paulo, eleita entre os TOP 50 pet shops das maiores cidades brasileiras pela revista Petcenter.

Imagem de Tumisu por Pixabay 

Instagram