Tipos de facas militares

De diferentes estilos, as facas podem ser utilizadas para práticas como pesca e camping.

Muitas pessoas cultivam a paixão de colecionar artefatos militares, investindo em possuir itens que tenham uma grande história por trás, mas que também tenham inventividade e tecnologia. Por exemplo, esse é o caso de quem coleciona facas militares, uma categoria que conta com diversos tipos à venda.

Esses modelos também costumam ser utilizados por quem gosta de enfrentar desafios na vida na natureza, como é o caso de quem costuma realizar trilhas. Portanto, é interessante conhecer quais são os principais tipos de facas militares disponíveis e as suas características, seja para uso, ao explorar a natureza, ou apenas para guardar a faca em sua coleção.

Facas táticas militares

Esse é o modelo mais tradicional quando se fala em facas militares. Elas são caracterizadas por serem um tipo fácil de guardar e de sacar em situações de emergência, uma vez que apresentam cabos anatômicos resistentes e alongados. Esses modelos também têm lâminas fixas, feitas no estilo clip point encurtadas.

Atualmente, esses modelos contam com implementos que a tornam ainda mais atrativos, como lanternas e quebra-vidros — tudo mantendo o design tradicional militar. Com isso, eles são uma ótima escolha para realizar atividades como pesca, camping e bushcraft.

Entretanto, é importante lembrar que, quem tiver interesse em ter um modelo como esse, precisa verificar a legislação do seu estado sobre o porte desse tipo de faca.

Facas de pescoço

Já esse é um tipo tático compacto, contendo um passador de cordão que permite utilizá-la junto ao pescoço. Muitas delas têm um design bem criativo, motivo pelo qual vários usuários a utilizam como enfeites. Porém, elas também são artigos valiosos de EDC (Every Day Carry, ou seja, itens úteis para serem utilizados no dia a dia).

Facas de camping

O nome desse modelo já sugere o melhor tipo de uso para essas facas. Normalmente, elas apresentam segurança ao portador e são caracterizadas por possuírem lâminas retráteis com clips e, também, cabos altamente resistentes. A resistência é outro fator que chama a atenção, já que existem modelos que utilizam metal inox 420 em sua composição, aspecto que também que as torna mais práticas para uso.

Facas de pesca

Outro modelo que, certamente, quem costuma pescar e realizar camping deve ter consigo são as facas de pesca. No caso delas, é fundamental que sejam produzidas utilizando materiais como aço inox 420, que são resistentes à corrosão e, portanto, não serão danificados pelo contato constante com a água.

Outras características comuns desses modelos são os cabos de materiais duráveis e com textura aderente, que impedem que a faca escorregue e, consequentemente, que aconteçam acidentes. O fato de serem feitas utilizando lâminas curvas não é por menos, já que elas são ideais para aumentar a precisão e para permitir ao usuário realizar diferentes tipos de corte.

Facas de caça

Trata-se de um tipo de faca que lembra bastante as facas táticas militares, mas, nesse caso, os cabos costumam ser ainda mais robustos, a fim de aumentar a segurança ao realizar trabalhos pesados. Essas são facas que também têm uma lâmina fixa, mas que conta com uma curvatura extra, com o objetivo de garantir mais pressão ao manuseá-la.

Facas Bowie

Por fim, existem as chamadas facas Bowie, um modelo mais rústico e alongado e que se assemelha a um facão. Modelos desse tipo, geralmente, são desenvolvidos em diferentes formatos e com diferentes materiais, sendo que muitas delas usam aço damasco — uma escolha popular entre colecionadores para se aventurar na natureza.

A maior extensão da lâmina também torna esse modelo entre os mais indicados para os praticantes de bushcraft.

Imagem de jan vinduška por Pixabay 

Instagram