Suzano é eleita entre as 100 empresas de melhor reputação do Brasil

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, está entre as 100 empresas de melhor reputação do Brasil de acordo com o Ranking Merco Empresas e Líderes 2020, divulgado anualmente pelo Monitor Empresarial de Reputação Corporativa (Merco). Em sua sétima edição, a companhia ganhou 46 posições, estando entre as cinco empresas que mais subiram no ranking.

Na pesquisa, que entrevistou mais de duas mil pessoas, a Suzano ocupou a 42ª colocação.  Foram ouvidos analistas financeiros, ONG’s, sindicatos, associações de consumidores, jornalistas econômicos, representantes do governo e gestores de mídias sociais, além do Merco Digital – com avaliação dos canais e das mídias sociais –, para chegar até o resultado das 100 empresas de 33 setores melhor avaliadas por sua reputação.

A Suzano, mesmo em um ano atípico, com pandemia e tantas incertezas, se manteve firme em seus negócios e, ao mesmo tempo, atuante para ajudar a sociedade brasileira a enfrentar a Covid-19.

            O ranking avalia resultados econômicos e financeiros, qualidade da oferta comercial, talento, ética e responsabilidade corporativa, além de dimensão internacional e inovação.

Merco

A Merco é uma organização espanhola de grande reconhecimento no mercado ibero-americano e se tornou um dos monitores de reputação de referência no mundo, atuando em países como Espanha, Colômbia, Chile, Argentina, Equador, México, Peru e Brasil.

Suzano

Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores, diretos e indiretos, e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Foto: Divulgação

Instagram