740 atletas participam da 3ª Surdolimpíada Nacional da CBDS

Abertura do maior evento do calendário desportivo de surdos do Brasil reuniu autoridades em São José dos Campos

Um evento emocionante marcou a abertura da Surdolimpíada Nacional 2021, realizada na manhã deste sábado, dia 4 de dezembro. Realizado pela Confederação Brasileira de Desporto de Surdos (CBDS), o evento marcou o início da 3ª edição da competição, que é uma forma de preparar e selecionar os atletas que irão representar a seleção brasileira na Deaflympics (ou Surdolimpíadas, em tradução livre).

Foto:Caio Henrique

Teatrão

Realizado no Complexo Esportivo Maestro Sérgio Weiss – o Teatrão, em São José dos Campos (SP), o evento contou com a presença de representantes das delegações participantes, autoridades e de Michele Bolsonaro, primeira-dama e grande apoiadora da causa dos surdos no Brasil.

Michelle Bolsonaro

Durante seu discurso, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, bastante emocionada, lembrou quando aprendeu Libras (Língua Brasileira de Sinais) e ressaltou a importância do evento para a comunidade surda.

“É uma honra participar de um evento deste tão de perto. Este é um grande momento para a comunidade surda”, comentou ela, que é madrinha do evento. “Seguimos juntos no mesmo propósito”.

Foto:Caio Henrique

Michelle também falou sobre as conquistas da CBDS, como o assento conquistado no Conselho Nacional do Esporte, comentou sobre a criação da Secretaria Nacional do Paradesporto e falou sobre a Surdolimpíada de Verão 2021, que contará com apoio do Governo Federal.

Já a presidente da CBDS, destacou a importância do evento. “Agradeço o apoio da primeira-dama Michelle Bolsonaro, da Prefeitura de São José dos Campos, da secretária de Esportes, Kátia Machado, do Governo Federal e das Loterias Caixa, ao esporte de surdos. Vocês viram como foi linda nossa cerimônia de abertura! Ela demonstrou a grandiosidade do desporto de surdos. Muito obrigada a todos os envolvidos neste grande evento”, discursou Diana.

Surdolimpíada Nacional

O evento respeitou todos os protocolos de saúde e segurança do Plano São Paulo. Com exigência do uso de máscaras, assim como a apresentação do comprovante de vacinação para entrada no local.

Assim como ocorre na abertura dos grandes eventos, a celebração contou com uma apresentação de abertura, desfile dos atletas representantes das delegações, mascote e, claro, com o grande momento: a cerimônia para acender a Tocha Olímpica.

Participaram do evento Kátia Machado, secretária de esportes de São José dos Campos; Felicio Ramuth, prefeito de São José dos Campos; e Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, entre outras autoridades.

O evento acontece entre os dias 4 e 7 de dezembro e as disputas contarão com a presença das seguintes delegações: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Goiás, Mato Grosso, Espírito Santos e Santa Catarina.

Confederação Brasileira de Desporto de Surdos (CBDS)

Ao todo, participam do evento 740 atletas surdos e comissão técnica, que disputarão 15 modalidades esportivas, sendo elas: vôlei, basquete, handebol, xadrez, atletismo, montain bike, ciclismo de estrada, natação, karatê, taekwondo, judô, vôlei de praia, badminton, tênis de mesa e boliche. Todos os jogos serão abertos ao público, que poderá conferir o calendário da competição no site da CBDS.

Surdolimpíada Nacional 2021

A transmissão dos jogos será feita no YouTube da CBDS .

A realização da Surdolimpíada Nacional só foi possível graças ao patrocínio das Loterias Caixa e do Governo Federal, por meio do MInistério da Cidadania e da Secretaria Especial do Esporte, além da Prefeitura de São José dos Campos, que auxilia em toda a logística da competição. Para o evento, a CBDS contará com o apoio da Helpvox.

Apoie o esporte surdo! Essa é a bandeira levantada pelo torneio e que deve ser abraçada por todos.

CBDS


Entidade máxima do desporto surdo no Brasil, a CBDS conta com mais de 5 mil atletas filiados, além dos profissionais que compõem suas comissões técnicas.

Prestes a completar 37 anos de existência, a CBDS é uma instituição sem fins lucrativos, reconhecida por promover a inclusão social das pessoas surdas por meio do esporte.

Atualmente, a CBDS conta com 120 entidades filiadas, além de ser filiada ao Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD), à Organização Esportiva Pan-Americana para Surdos (PANAMDES) e à Confederação Sul-Americana de Esportes de Surdos (CONSUDES).

Foto:Marcelo Deck
Instagram