Suzano recebe visita do Ministro da Infraestrutura em seu mais novo complexo de movimentação de celulose

Implantado em parceria com a DP World Santos, novo terminal no Porto de Santos (SP) é um dos mais modernos do país, tem capacidade instalada para 150 mil toneladas de celulose e pode receber até quatro navios simultaneamente 

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, e a DP World Santos, receberam a visita do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, acompanhado por comitiva formada pelo Secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni, e membros da Diretoria da SPA no seu mais novo complexo de celulose instalado na margem esquerda do Porto de Santos (SP).

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas

Em operação desde abril deste ano e com investimento de R$ 700 milhões, o complexo é considerado um dos mais modernos do país para armazenar e movimentar este tipo de produto. O espaço possui um armazém de 35 mil metros quadrados, com capacidade estática para mais de 150 mil toneladas do produto.

Também integram as instalações um novo viaduto, destinado à interligação rodoviária entre as áreas do armazém e de cais do terminal, a expansão do berço de navios para 1.100 metros, uma ponte de acesso, três Dolfins de amarrações e um ramal ferroviário. A ampliação possibilitou o terminal operar ao mesmo tempoaté dois navios dedicados às operações de celulose e a DPWorldreceber até quatro navios simultaneamente.

Outra novidade é a automatização da operação com o emprego de pontes rolantes para movimentação de cargas, que podem ser operadas remotamente a partir de uma sala de controle em que os operadores realizam os movimentos por meio de um joystick, visualizando as condições operacionais através de imagens transmitidas em tempo real para o painel de controle o que proporciona maior dinamismo, eficiência e segurança das operações.

“O novo complexo vem ao encontro dos valores da Suzano e está dentro do padrão de excelência e segurança pelo qual somos reconhecidos no mercado. Todo o projeto foi pensado para conciliar eficiência e tecnologia com sustentabilidade”, ressaltou Wellington Giacomin, Diretor de Suprimentos e Logística.

Visita complexo_Porto de Santos-Foto: Divulgação

Suzano

Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de árvores, permitindo a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Instagram