São José assina convênio com Estado para implantar CEP Rural

A Prefeitura de São José dos Campos assinou nesta quarta-feira (28), Dia do Agricultor, convênio com o programa Rotas Rurais, do Governo do Estado. A assinatura foi feita em evento que marcou a ampliação de ações da Prefeitura voltadas ao produtor rural.

Prefeitura de São José dos Campos

O Rotas Rurais, conhecido informalmente como CEP Rural, funciona por meio de uma parceria com a Google que possibilita mapeamento das estradas rurais nos municípios, o que também vai ofertar às propriedades rurais sua localização digital e endereço postal.

Cerca de 20 Prefeitos de municípios da Região Metropolitana do Vale do Paraíba também assinaram o convênio durante o evento.

CEP Rural

Para o produtor rural Mauro Roberto dos Santos, pecuarista e morador da região norte, o CEP Rural será um diferencial para o homem do campo.

“Sem o georreferenciamento, até para alguém chegar a uma propriedade vizinha, temos que fazer mapinha. Imaginem a dificuldade para uma viatura policial ou ambulância chegar a um local sem endereço. É uma questão de segurança para nós produtores”, afirmou.

Selo SIM

Representantes das secretarias de Urbanismo e Sustentabilidade e Inovação e Desenvolvimento Econômico destacaram a ampliação de programas da Prefeitura voltados ao agronegócio, como o Selo SIM (Serviço de Inspeção Municipal) e o rol dos serviços prestados pelo Ponto Rural.

O Selo SIM certifica oficialmente a inspeção municipal de produtos de origem animal, permitindo que sejam mais atrativos para o comércio e competitivos no mercado.

“Nosso sentimento é de gratidão. Procuramos a Prefeitura e a Sala do Empreendedor Rural abraçou a nossa causa”, disse a produtora de queijos de cabra Lori Astrid de Toledo, do distrito de São Francisco Xavier. “Não somos só produtores de queijo, ensinamos nossas atividades para pessoas, ajudando famílias a permanecerem no campo.” afirmou.

Ponto Rural

O Ponto Rural é um programa de serviços gratuitos ao agricultor, pioneiro no Brasil. São duas unidades em São José, na região norte e no distrito de São Francisco Xavier.

Entre os serviços oferecidos estão coleta de amostras para análise de solo, patrulha agrícola, emissão de certificados como de Cadastro de Imóvel Rural, CNPJ de Produtor Rural, Guia de Trânsito Animal, organização da agenda de vacinação, entre outros.

A iniciativa tem 2 anos e já está sendo introduzida em municípios vizinhos, a exemplo de Monteiro Lobato, que adotou não somente o sistema mas também o nome do programa.

Os Escritórios de Desenvolvimento Rural do Vale do Paraíba, em Guaratinguetá e Pindamonhangaba, receberam drones do Governo do Estado durante o evento em São José.

As produtoras de queijo Dilcilene Moreno Sanches e Lori Astrid Toledo – Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Instagram