Mitos e verdades: as principais dúvidas sobre o energético

Bebidas são seguras e vendidas em mais de 150 países. Aprenda a diferenciar informação de desinformação.

Quem pratica esportes, estuda muito ou gosta de baladas certamente consome, ou pelo menos já provou alguma bebida energética. No mercado desde a década de 1980, esses compostos são vendidos em mais de 150 países e mandam um recado para o cérebro que é preciso ter disposição.

Ricas em substâncias como a cafeína e a taurina, as bebidas estimulantes incitam o metabolismo, deixando quem toma mais alerta, concentrado e com sensação de bem-estar. Além disso, esses preparos costumam ter vitaminas do complexo B, que têm a capacidade de diminuir a sensação de cansaço e fadiga.

Seja você um consumidor frequente ou não, certamente já ouviu falar muita coisa sobre a bebida em algum momento. Se já se perguntou, por exemplo, se elas são seguras, saiba que a resposta é sim. Mas o consumo excessivo, claro, deve ser evitado.

Entenda na lista de mitos e verdades a seguir. A informação de qualidade é essencial para a sua segurança e também que você repasse informações bem fundamentadas aos seus círculos de convivência.

A bebida é indicada para adultos – VERDADE

As crianças já possuem muita energia e o consumo desse tipo de bebida pode fazer com que elas fiquem muito agitadas. Por isso, apesar de não ser proibido, a recomendação é que os pais não ofereçam a bebida para os pequenos.

Ninguém sabe o que elas realmente têm – MITO

Os ingredientes utilizados podem ser conferidos nos rótulos e têm segurança atestada pelos órgãos de vigilância dos países onde os preparos são vendidos. No Brasil, elas são regulamentadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

O consumo em excesso deve ser evitado – VERDADE

Apesar de seguras, substâncias como a cafeína e a taurina podem provocar efeitos negativos se consumidas em excesso, como irritabilidade, dor de cabeça e insônia. Para que isso não aconteça, é só seguir aquela regra básica de saúde, que vale para quase tudo o que comemos ou bebemos: aprecie com moderação.

Tem muito mais cafeína que o café – MITO

A quantidade depende da marca escolhida, mas um copo de bebida energética não costuma ter mais cafeína que uma xícara de café. Em geral, a quantidade é, inclusive, um pouco menor. Na dúvida, vale conferir o rótulo.

Podem ser consumidas durante os exercícios – VERDADE

Sem excesso, eles podem ser consumidos tanto para dar aquela forcinha para você começar as práticas como para diminuir a sensação de cansaço no final. As substâncias estimulantes e as vitaminas do complexo B também podem auxiliar num melhor desempenho dos atletas.

É importante lembrar que essas bebidas não substituem a água quando o assunto é hidratação.

Essas bebidas só devem ser tomadas à noite – MITO

Os energéticos podem ser consumidos no horário mais conveniente para quem vai tomar. No entanto, a recomendação é que elas sejam ingeridas durante o dia, pois é esse o momento em que o nosso corpo precisa de mais energia e a disposição extra da bebida é muito bem-vinda.

O consumo à noite não é contraindicado, mas é bom evitá-los algumas horas antes de ir para a cama, para que o estado de alerta não te atrapalhe a dormir.

A taurina é uma substância sintética – VERDADE

A taurina presente nos energéticos é produzida de maneira sintética, mas isso não quer dizer que seja prejudicial para o corpo. Na verdade, ela costuma ter exatamente as mesmas características do aminoácido produzido pelo corpo humano, que tem, entre outras, função desintoxicante e antioxidante.

A produção da taurina sintética, assim como de todos os outros ingredientes presentes nessas bebidas, está sujeita à regulação e controle de qualidade, o que garante a sua segurança.

Imagem de Adriano Gadini por Pixabay 

Instagram