Expansão – Cemig SIM inicia implantação de usinas solares para empresas

O modelo pode representar economia de até 95% com tarifas de energia elétrica

A Cemig SIM, empresa de energia solar por assinatura e soluções em energia, tem mais uma novidade para os empreendedores que querem reduzir os custos com energia. Trata-se da “minigeração” e “microgeração”, modelos que permitem ao cliente ter sua própria central geradora a partir de fontes renováveis em suas dependências. Esse sistema é ligado à rede da distribuidora responsável para que seja feita a compensação, possibilitando uma redução de até 95% no custo.

Cemig SIM

A Cemig SIM oferece toda a consultoria necessária, desde a elaboração do projeto, fornecimento dos módulos fotovoltaicos, instalação a conexão com a distribuidora. Além da economia com a conta de eletricidade, passa a gerar sua própria energia compensando na sua fatura e fica protegido de eventuais variações de tarifa. Os interessados em economizar podem contatar a SIM por meio do contato@cemigsim.com.br solicitar uma proposta e contratar um dos planos de forma simples e ágil.

De acordo com Willian Souza, executivo de Soluções em Energia da Cemig SIM, o sistema trabalha conectado na rede da distribuidora, onde a energia gerada é compensada no consumo total daquela propriedade. “Se eu gero 1000 kWh ao mês e utilizo apenas 900, o excedente será contabilizado em forma de crédito, permitindo sua utilização em um período de até 60 meses. Para esse produto o foco está nos clientes A4 (média tensão) – supermercados, grandes padarias, pequenas e médias indústrias e clinicas. A economia pode chegar até 95% na tarifa de energia e o cliente continuará arcando integralmente apenas com o “custo da demanda”. Tenho certeza de que reduzir custos operacionais será de grande ajuda para que os empreendedores possam se reerguer rapidamente após esse momento delicado que estamos vivenciando“, enfatiza Willian. 

Além de gerar energia limpa e renovável, o projeto se destaca pela agilidade na implantação. “Contando a partir do primeiro contato entre o cliente e a SIM, estimamos um tempo entre quatro e seis meses para implementar todo o sistema e iniciar a geração da própria energia. O prazo médio para retorno é de aproximadamente cinco anos. É um período curto, principalmente se comparado com a vida útil dos módulos fotovoltaicos é de 25 anos“, destaca Souza. 

Como funciona:

Os módulos solares são instalados nas dependências da empresa e a luz do sol captada é transformada em energia elétrica. Essa energia é consumida pela empresa e, caso não consuma tudo que foi produzido, é gerado crédito energético para utilização em até 60 meses. 

Imagem de P-association por Pixabay 

Instagram