Como comprar um carro fazendo um bom negócio: 5 dicas importantes

Você sabe como comprar um carro fazendo um bom negócio? Seja uma negociação com uma revenda de usados, seja em uma negociação com um vendedor particular em um site de negócios online, você precisa entender quais são as principais dicas e movimentos para conseguir fechar negócio de uma maneira que seja mais vantajosa para você, conseguindo uma boa valorização para o seu dinheiro.

Afinal de contas, uma negociação bem-sucedida é aquela em que você consegue obter o máximo de valorização possível em troca do preço que tem a pagar. Se um carro custa, digamos, R$ 50.000,00, é importante que seja o melhor carro possível com base nesse valor, com os melhores itens de série e vários benefícios para que você tenha a melhor relação custo-benefício.

Para isso, é importante saber como comprar um carro fazendo um bom negócio. Quer aprender? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como comprar um carro fazendo um bom negócio: 5 dicas

1. Pesquise muito

A principal dica para quem quer saber como comprar um carro fazendo um bom negócio é pesquisar muito sobre o assunto antes de focar em um modelo de automóvel ou em uma concessionária. Quanto mais você pesquisar, maiores serão as chances de encontrar alguma coisa que seja verdadeiramente útil para você e que ofereça um valor real, que outras ofertas podem não apresentar.

Por exemplo, suponha que você está procurando por carros baratos em Florianópolis. Uma boa pesquisa que abrange todas as concessionárias da cidade, além dos sites de vendas de automóveis online, permite que você entenda todas as opções disponíveis.

A partir dessa pesquisa bem completa e ampla,  poderá começar a filtrar as opções e selecionar aquela que faz mais sentido para você, dentro do seu orçamento e do seu contexto.

2. Saiba exatamente o que você quer

Para fazer um bom negócio na hora de comprar um carro, é importante saber exatamente o que você quer. Assim, não será pego com recursos e ofertas que são feitas para confundi-lo, mas certamente não são as opções mais interessantes para o seu contexto.

Por exemplo, suponha que você ande bastante de carro e não pode gastar muito com combustível (especialmente com a gasolina a R$ 7,00 o litro). Nesse caso, você precisa de um automóvel econômico com boa eficiência energética. Não adianta comprar um carro que faz só 9 km/l na cidade, simplesmente porque ele “tem roda de liga leve”. Isso não vale a pena e não faz sentido para o seu contexto.

Se precisar, escreva em um papel tudo que você realmente precisa no carro e comece a eliminar as opções com base nesses requisitos.

3. Melhore suas opções de pagamento

Depois de escolher o carro, é hora de entrar em uma negociação. Para isso, você precisará ter as melhores opções de pagamento disponíveis ou não terá grandes vantagens.

Muitos vendedores preferem receber um valor um pouco acima do pedido à vista, ao negociar outras formas de pagamento (especialmente quando precisam pagar taxas para bancos e por aí vai). Dessa forma, se você tiver um bom valor na mão para pagamento à vista, conseguirá uma boa economia.

Caso não tenha esse valor, melhore a sua entrada no financiamento para reduzir o tempo da dívida, tendo em vista os juros que estão em alta.

4. Esteja pronto para argumentar

Negociar é sentar, conversar e argumentar. Portanto, esteja pronto para isso. Mas atenção: não vale a pena fazer “joguinhos”, fingir que não quer o carro que você escolheu. Esse comportamento é detectado de longe e só demonstra a sua posição mais fraca na negociação.

Nesse caso, o melhor a fazer é ser honesto e dizer que quer o carro, mas precisa de algumas concessões. Argumente o seu lado, mostre os pontos positivos de fechar negócio com você e confie na razoabilidade do vendedor. Isso funciona muito bem.

5. Faça testes nos carros

Por fim, faça testes nos carros para garantir que eles estão funcionando bem. Entenda que a frota média no Brasil tem 10 anos, o que significa que o carro à venda pode ser relativamente velho e ter acumulado alguns problemas. Assim, é importante testá-lo e verificar o seu desempenho em vários cenários antes de fechar negócio. Isso garantirá que você terá um bom valor pelo seu dinheiro.

Pronto! Agora que você viu como comprar um carro fazendo um bom negócio, é importante colocar todas essas dicas em prática para conseguir tirar o melhor valor possível da sua busca. Assim, poderá ter a certeza de estar fazendo uma boa compra e que investiu seu dinheiro da melhor maneira possível para adquirir um veículo que atenda suas expectativas.

Gostou das dicas? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Instagram