4 dicas para escolher a melhor poltrona para sua sala

Tamanho e proporções devem ser consideradas na hora da escolha.

Um móvel super querido e muito presente na sala de estar de muitos lares é a poltrona. Esse móvel que emana conforto faz toda a diferença em qualquer cômodo da casa, sem falar da elegância que lhe é própria.

Muita gente, porém, fica em dúvida na hora de adquirir um móvel desse gênero, seja pela diversidade de opções ou mesmo pelo tamanho do espaço onde ele vai ficar. Por exemplo, o que é melhor: uma poltrona fixa ou um modelo giratório?

Tudo vai depender do tamanho do seu cômodo, do estilo da sua casa e para qual fim a poltrona será usada. Sabendo disso, a escolha será bem mais certeira.

Uma pouco de história

A poltrona é um móvel para lá de antigo e que até hoje está presente no nosso cotidiano. Com mais de cinco mil anos, esse objeto foi usado, inicialmente, no Antigo Egito como um assento voltado para os faraós. À época, o móvel era revestido com pedrarias e ouro, representando riqueza e poder.

Não é à toa que elas lembram muito os antigos tronos usados pela realeza. Por muito tempo elas eram restritas à nobreza e aos homens — na Roma antiga, ela era uma exclusividade masculina — que jamais cediam o assento a outro homem.

Muito tempo se passou desde então, os hábitos mudaram, mas a poltrona continua a fazer parte da mobília de casas, escritórios e outros muitos ambientes, até porque remetem a sensação de aconchego e conforto extremo. A seguir você vai conhecer algumas dicas importantes na hora de escolher o modelo ideal para sua sala.

Conforto em primeiro lugar

Como já mencionado, um dos aspectos mais característicos de uma poltrona é o conforto. Portanto, no momento da compra, vale a pena sentar para saber como ela é. Existem modelos mais firmes, indicados para espaços que recebem convidados com frequência, e mais macios, ideais para descansar com tranquilidade.

Quem aprecia uma boa leitura, por exemplo, pode preferir um modelo mais ergonômico enquanto quem prefere descansar com as pernas esticadas pode optar por uma poltrona reclinável. Tudo vai depender da rotina da casa.

Tamanho ideal

O tamanho da poltrona deve ser definido com base no espaço disponível onde ela vai ficar. Em salas grandes, você deve investir em modelos médios ou grandes para harmonizar com o espaço. Já em salas pequenas, é preferível optar por poltronas mais compactas.

Outra possibilidade para quem não tem muito espaço disponível  é trocar o sofá por duas ou mais poltronas. Assim, você vai manter o conforto de acordo com a sua necessidade.

Poltrona fixa ou giratória?

As poltronas fixas são mais indicadas para espaços grandes ou ainda que não necessitem de mudanças de lugar mais constantes. O maior exemplo desse tipo de espaço é a sala de estar.

As giratórias, por sua vez, são mais interessantes para quem quer versatilidade e movimento, principalmente em salas menores, já que a poltrona poderá servir tanto para a sala de estar quanto para um assento na mesa de jantar, por exemplo.

Modelo mais adequado

Há uma variedade grande de modelos de poltronas no mercado. As clássicas “poltrona do papai” — grandes e reclináveis —, as quadradas, arredondadas como o modelo “egg”, “pavão”, a mole e até mesmo em formato de bolha — que fica pendente no teto.

A escolha deve considerar, mais uma vez, a necessidade dos usuários, o local e o tamanho disponível para alocar a sua poltrona. Vale a pena conhecer os modelos que mais se assemelham com seu estilo e com a decoração da sua sala antes de comprar a primeira que você encontrar.

Instagram