Veja 3 negócios que se destacaram em 2020

A vida é feita de decisões. A todo instante, nos deparamos com elas. A direção e o caminho a seguir nos são questionados diariamente, seja no âmbito pessoal e, principalmente no profissional. Ainda mais para quem tem seu próprio negócio. Parece que o ato de decidir se torna quesito fundamental para a boa saúde da empresa. Mas é assim mesmo! Ser multifuncional deixou de ser uma característica de uma impressora, passou a ser parte fundamental da vida de muitos empresários e autônomos.

Como escolher um bom negócio para administrar e lucrar

A decisão por um negócio próprio não é tarefa fácil, mas é prazerosa. Para ela, o fator individual atrelado ao desejo de fazer o que gosta vem à tona. O importante é optar por algo que dê vontade e ânimo, pois será algo com que você conviverá e que trará frutos diretamente para sua vida.

Não que um emprego formal não desempenhe essa função. Mas, tomar as decisões sobre algo que você escolheu é mais gostoso, não é mesmo?

São muitas as opções de bons negócios que surgiram no ano de 2020. Em se tratando de um ano bem atípico, de pandemia, muitas empresas mudaram seu rumo, fecharam, outras tantas abriram. A crise econômica fez com que uma enxurrada de mudanças acontecessem. E, sabemos que com situações adversas que surgem as oportunidades, as boas ideias. Então, o momento que estamos passando possui essas características. Abaixo, alguns exemplos dos negócios que abriram em 2020.

Top 3: negócios em ascensão no ano de 2020

E-commerces

Já sabemos que a internet sempre esteve em evidência e, isso não é de hoje. Ela é uma ferramenta extremamente utilizada, dentre outras coisas, para o trabalho. Em tudo, praticamente, utilizamos a rede. Pode-se dizer que ela tem vida própria e oferece uma gama de possibilidades. E, dentre elas, existem os e-commerces ou lojas virtuais. Para se ter ideia, o faturamento do e-commerce brasileiro deve movimentar R$ 106 bilhões em 2020, segundo estimativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm, fonte do próprio site). Isso é muito!

Ainda mais impulsionado por restrições de trabalhos presenciais (por conta da pandemia), o nicho do comércio virtual atende e abrange vários setores de compras online. Muito se pode comercializar pela internet. Basta atender a todos os pré-requisitos de segurança, pagamento e transparência de produtos.

Marketing digital

Ainda dentro do nicho da internet, uma função, digamos mais recente no mercado é o marketing digital. Trata-se de um profissional que orienta a empresa contratante para conquistar e manter seus clientes, através de ferramentas e estratégias adequadas de marketing. Muitas empresas, de vários segmentos procuram esse tipo de serviço. Para se inteirar mais sobre o assunto e, além de autônomo tornar-se um profissional da área, existem cursos online e gratuitos de boas referências para se aperfeiçoar.

Confeitaria temática

Caso o autônomo tenha alguma afinidade com a arte de fazer bolos, decorá-los, ou confeitar doces pode ser um viés para abrir seu negócio. Existe uma grande demanda, por exemplo, nessa área de itens como “festa na caixa”, que trazem opções com docinhos, salgados e bolos dos mais variados preços, tamanhos e temas. Para fazer de seu negócio algo diferente ouse na decoração. Crie uma rede social e fotografe cada produto. Será seu rico portfólio.

A boa escolha das formas de pagamento para viabilizar suas vendas

Além dos exemplos citados acima, em todo o tipo de negócio, seja qual for o nicho de mercado, a viabilização de pagamento deve ser ao máximo facilitada, para seu cliente. Para isso, existem opções como boletos, cartões de crédito e débito, transferências bancárias. Porém, sabemos que, o dinheiro de plástico sempre está à frente. Então, a escolha pela melhor maquininha de cartão para seu negócio é imprescindível. Estude e se informe sobre o custo-benefício que esse mercado lhe oferece e boas vendas!

Instagram