Uma pausa no cotidiano: como se planejar e tirar um período sabático

Tirar um ano sabático não é exclusividade dos ricos; com um pouco de planejamento e organização, qualquer pessoa pode se dar esse tempo de presente

Você já ouviu falar de pessoas que tiram um ano inteiro para viajar? Um semestre inteiro para curtir a família? Dois anos apenas se dedicando ao voluntariado, cuidar da saúde, escrever um livro? Acha que essa realidade é muito distante da sua? Então saiba que não. Você também pode tirar uma pausa da sua rotina e viver um período sabático como você sempre sonhou, e merece!

Sabático vem de Shabat, uma lei judaica que determinava um período de descanso da terra entre as plantações, para que esta se regenerasse; também pode significar o período de folga das pessoas após muito trabalho, ou seja, para cada seis dias trabalhados, um de descanso. Daí, o termo sabático passou a ser adotado por muitas pessoas como um período de descanso das atividades profissionais; um período em que a pessoa se dedica a si mesma, ao seu crescimento pessoal, espiritual ou intelectual.

Em um período sabático, a pessoa pode descansar, aprender um novo idioma, cuidar da saúde mental e física, dedicar-se à família, viajar o mundo ou, até mesmo, mudar os rumos da carreira… Mas lembre-se que esse período não são férias, é um investimento em você mesmo. E, como todo investimento, precisa de informação e planejamento adequado.

Como se planejar para o período sabático?

Tirar um ano longe da rotina profissional não é exclusividade dos ricos. Com um pouco de planejamento e organização, qualquer pessoa pode se dar esse tempo de presente. Todavia, para que esse momento não se torne um empecilho na sua carreira posteriormente, é necessário avaliar o período ideal, e investir nesse tempo com qualidade e tranquilidade. Assim, veja algumas dicas de como se preparar para esse período tão aguardado.

1. Pense qual será o objetivo principal dessa pausa na rotina: o primeiro passo é pensar como você irá “gastar” esse período com você. Vai fazer um intercâmbio, aprender um idioma novo, escrever um livro, focar no espiritual? Ter clareza e foco do que fazer no seu período sabático ajudará você a voltar dele com muito mais satisfação.

2. Busque alternativas de renda: por ser um ano que você ficará longe do trabalho, provavelmente, você não terá uma renda mensal como de costume; assim, é importante, buscar formas alternativas de juntar uma poupança antes de iniciar esse período; você pode investir em tesouro direto, buscar freelas na sua área de atuação ou, mesmo, buscar por empresas de aluguel de carros para Uber, juntando uma renda extra como motorista de aplicativo. Existem várias outras possibilidades; faça uma pesquisa e junte um dinheiro que seja suficiente, para que você passe o período todo com tranquilidade.

3. Não se culpe por dar uma pausa: vivemos em uma sociedade que cobra produção o tempo todo; assim, converse com a sua família e informe sobre a sua escolha. Tenha em mente o seu objetivo, e não se culpe por não estar “ganhando dinheiro” nem “produzindo” como o mercado exige; afinal, você se programou para aquele período e tem um objetivo com ele. Siga em frente!

4. Prepare-se para voltar: terminado o período de pausa na profissão, chega, enfim, o momento de retornar. Aí, você tem que avaliar se quer continuar na mesma área, ou na mesma empresa; quais os rumos que a sua vida vai levar dali em diante. Reforce suas competências e inclua as suas novas experiências no currículo. Você pode se surpreender!

Foto: iStock

Instagram