São José investe R$ 64 milhões em 8 novas escolas

São José dos Campos terá oito novas escolas nos próximos meses. As obras somam R$ 64 milhões e contemplam todas as regiões da cidade.

Os projetos foram elaborados após estudo técnico da Secretaria de Educação e Cidadania. Além de novas unidades, a Prefeitura ainda reforma prédios existentes.

Na região leste, o Santa Hermínia terá duas novas escolas, uma de educação infantil (400 vagas) e outra de ensino fundamental (900 vagas).

Também na região leste, o Jardim São José 2 receberá uma unidade de educação infantil para cerca de 500 crianças de 0 a 5 anos. O Setville terá uma escola de ensino fundamental com 900 vagas, para alunos do 1º ao 9º ano.

Na região sul, os alunos do Jardim Mesquita irão receber, ainda no primeiro semestre de 2021, uma escola de ensino fundamental com 900 vagas. Outra escola de educação infantil será construída no Parque Industrial, para 400 crianças.

Mais do que reforma

Há mais de 30 anos compondo a história do Jardim Pôr do Sol, na região oeste, a comunidade escolar da Emef Maria Ofélia Veneziani Pedrosa está em festa! O motivo de tanta alegria é a notícia de que os cerca de 500 alunos do 1º ao 9º ano passarão a contar com um prédio novinho.

Com um investimento de R$ 7 milhões, a nova escola terá 3.358,40 metros de área construída, inspirada nos modernos conceitos educacionais. O prédio vai contar com 15 salas de aula, laboratório, área de jardim e playground ao lado do pátio coberto, além de área para horta, área administrativa e estacionamento.

Emef Profª Maria Ofélia Veneziani

Outra comunidade feliz com o pacote de obras que abrange 8 novas escolas municipais é a comunidade do Dom Pedro, região sul da cidade.

Com um investimento de R$ 11 milhões, os cerca de 900 alunos da Emef Dom Pedro de Alcântara também irão receber um prédio novinho, inspirada nos modernos conceitos educacionais com 22 salas de aula.

Efeti

As Emefs Maria Ofélia Veneziani Pedrosa e Emef Dom Pedro de Alcântara fazem parte do grupo de 12 Escolas de Formação em Tempo Integral (Efeti) da Prefeitura de São José dos Campos.

O projeto Efeti visa a ampliação da jornada escolar dos estudantes para 8h20 diárias. Dessas, 5 horas são da jornada regular e as outras 3 horas 20 minutos da jornada ampliada, ou contraturno.

Estruturada e organizada em 3 grandes eixos (Formação de hábitos e atitudes, Orientação de estudo e Atividade Complementar), o período da jornada ampliada tem como objetivo ampliar os saberes dos estudantes e proporcionar o desenvolvimento e a aprendizagem em todas as dimensões: física, intelectual, cultural, social e afetiva.

Em fase acelerada de construção a escola de educação infantil do Santa Hermínia vai atender cerca de 400 crianças de 0 a 5 anos – Foto: PMSJC

Instagram