Quais são os benefícios de cortar o óleo das suas receitas?

A fritadeira elétrica é prática e te ajuda a fazer refeições com menos gordura. Perguntas e respostas te ajudam a entender porque essa também é uma questão de saúde

As gorduras são ingredientes de boa parte das receitas tradicionais e, por si só, não são um problema. Elas são importantes fontes de energia e contribuem para deixar os pratos mais saborosos. Além do mais, quem não gosta de uma boa fritura? Não é à toa que a batata frita é um dos petiscos mais consumidos em todo o mundo.

O problema, como de quase tudo na vida, é o excesso. A longo prazo, consumir muito óleo pode aumentar o risco de várias doenças crônicas e as autoridades de saúde de todo o planeta já alertam sobre isso há décadas. Mas, como consumir menos óleo? As fritadeiras elétricas podem te ajudar nessa tarefa.

A seguir, fizemos uma lista de perguntas e respostas que vão te ajudar a entender porque você deveria preparar mais alimentos sem óleo.

Como a air fryer frita sem óleo?

Esse eletrodoméstico, também conhecido por seu nome em inglês air fryer, frita sem óleo. Dentro dele, o ar se agita rapidamente e gera uma grande quantidade de calor, capaz de cozinhar os alimentos por dentro e deixá-los crocante por fora, justamente o que faria uma fritura. Quem já provou garante que o sabor não deixa a desejar.

Por que eu deveria diminuir o óleo nas minhas receitas?

Para ter menos chances de desenvolver doenças crônicas graves como: colesterol alto, diabetes, hipertensão, infarto, gordura no fígado e arteriosclerose. Comer menos óleo também é bom para quem quer perder peso. Lembrando que, ao evitar o sobrepeso, você também diminui o fator de risco para várias outras doenças.

Outro problema das frituras é que o óleo precisa ser aquecido para o processo. O calor faz com que mesmo os azeites e óleos vegetais oxidem. Essa oxidação gera novas substâncias, que costumam ser agressivas para o organismo.

Outra vantagem de cozinhar com menos óleo é que a limpeza da sua cozinha fica muito mais fácil. Só quem tem o hábito de fazer frituras em casa sabe que não é fácil desengordurar o fogão, as paredes e até o chão depois do processo. Não tem jeito, sempre acaba espirrando. A não ser, claro, que você não use óleo.

Reutilizar óleo faz mal?

Reutilizar o mesmo óleo várias vezes nas frituras então não é uma boa ideia.   Quando o óleo é submetido a temperaturas muito altas, ele forma mais acroleína, uma substância que agride o intestino e aumenta as chances de desenvolver vários tipos de câncer. A fritadeira elétrica, por não usar óleo, também é livre dela.

Mas nosso corpo não precisa de gordura?

A gordura é fonte de energia e é verdade que não podemos cortá-la totalmente da nossa alimentação. No entanto, a gente sempre vai usar um pouquinho de azeite ou alguma manteiga nas outras preparações na panela. E, além disso, alguns alimentos, como laticínios e carne, já têm gordura. Não precisamos de mais.

Tem outros jeitos de usar menos óleo?

Sem a fritadeira elétrica, o melhor jeito de consumir menos óleo é evitando as frituras, dando preferência aos alimentos cozidos, assados e grelhados.

É uma boa ideia usar menos gordura também nos outros preparos. Em alguns alimentos que já têm gordura, como as carnes, você pode substituir o óleo por um pouquinho de água em uma panela antiaderente, por exemplo.

O óleo vegetal faz mal?

Houve uma época em que a moda eram os óleos vegetais, de soja ou girassol. Hoje, muitos médicos alertam que, em excesso, essas substâncias podem fazer até mais mal que os óleos de origem animal, como a banha de porco.

Instagram