Quais foram os livros mais vendidos no Brasil em 2020?

Autoajuda e não ficção estiveram entre os preferidos.

Todos os anos são divulgadas listas com os títulos mais procurados. Em 2020, o brasileiro experimentou uma mudança em sua rotina e a procura por e-books aumentou bastante.

Os livros mais vendidos podem ser grandes sucessos do ano, recomendações e até mesmo aqueles que nunca deixam as listas. Quer saber quais são os títulos que tiveram grande procura no Brasil em 2020? Confira.

Pequeno manual antirracista – Djamila Ribeiro

Um livro para entender melhor o racismo com dez lições, funcionando como um pequeno manual para identificar atitudes racistas e evitá-las. Ganhou o Prêmio Jabuti de Ciências Humanas e está na categoria de não ficção.

Mulheres que correm com os lobos – Clarissa Pinkola Estés

Classificado como autoajuda, o livro analisa lendas e algumas histórias mais conhecidas, como a do Patinho Feio, por exemplo. Ele faz uma análise das personagens femininas e de todo o seu poder.

O homem de giz – C. J. Tudor

Para os fãs de mistério e suspense, o livro de C.J. Tudor entrega tudo o que eles mais desejam. A história começa em 1986 e lembra um pouco de Stranger Things, já que os personagens, na infância, estão sempre andando de bicicleta pelas ruas.

Box Harry Potter – J.K. Rowling

A saga do menino bruxo nunca deixa a lista de mais vendidos e conquista todas as gerações. Com nova capa e venda completa, é perfeita para quem deseja viajar por um mundo de magia e bruxaria.

1984 – George Orwell

Uma história para quem deseja refletir sobre o funcionamento da sociedade e o poder da propaganda e da persuasão. Apesar de ter sido escrito na época da Segunda Guerra Mundial, a história continua atual.

O poder do hábito – Charles Duhigg

Na categoria de não ficção, o livro de Charles Duhigg mostra o quanto nossos hábitos influenciam os acontecimentos de nossas vidas. E mais: que o poder da mudança está nas nossas mãos.

O que aconteceu com Annie – C. J. Tudor

Suspense sobrenatural, assim pode ser classificado o livro O que aconteceu com Annie. O protagonista retorna ao vilarejo no qual cresceu para descobrir o que aconteceu com sua irmãzinha, desaparecida há 25 anos.

Do mil ao milhão, sem cortar o cafezinho – Thiago Nigro

O primeiro livro de Thiago Nigro fala sobre independência financeira, como usar melhor o seu dinheiro e aprender a investir. O criador da plataforma O Primo Rico trabalha com três pilares e apresenta suas experiências como investidor.

O morro dos ventos uivantes – Emily Bronte

O drama escrito por Emily Bronte — sendo seu único livro — conta a história de Catherine Earnshaw. Ele foca especialmente na relação da protagonista com seu irmão adotivo, Heathcliff, e tem uma escrita intensa com personagens bastante complexos.

O milagre da manhã: O segredo para transformar sua vida (antes das 8 horas) – Hal Elrod

Na categoria de não ficção, o best-seller vendeu mais de 1 milhão de cópias no Brasil. O autor nos mostra quais são os benefícios que encontramos ao acordar cedo, aproveitando melhor o dia.

A paciente silenciosa – Alex Michaelides

Fãs de thriller psicológico garantem que A paciente silenciosa tem muito mistério e um final épico. A história gira em torno de Alicia Berenson, acusada de matar seu marido sem motivo aparente, e de Theo Faber, um psicoterapeuta que está decidido a fazê-la contar o que motivou o crime.

A Sutil Arte De Ligar o F*Da-Se – Mark Manson

Na categoria de autoajuda, o livro de Mark Manson continua entre os mais vendidos. Aqui, ele mostra a importância de respeitar os próprios limites e aprender a levar uma vida melhor.

Box Para Todos Os Garotos Que Já Amei – Jenny Han

Após ser adaptado pela provedora de filmes Netflix, a saga Para todos os garotos que já amei conquistou ainda mais interessados. Somos apresentados à tímida Lara Jean, que escreve cartas para os garotos por quem já se apaixonou e nunca entrega aos destinatários. Tudo muda na vida da protagonista quando sua irmãzinha envia as cartas.

Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay 

Instagram