Prefeitura homologa OS que vai gerir o Parque Tecnológico

A Prefeitura de São José dos Campos homologou nesta sexta-feira (6) a OS (Organização Social) Associação Parque Tecnológico APTSJC como vencedora do chamamento público para gestão e administração do complexo de inovação pelos próximos cinco anos.

A OS selecionada é a mesma que administra o Parque Tecnológico atualmente.

A comissão especial de seleção avaliou os planos de trabalho, orçamentário e de custeio apresentados, além da documentação necessária definidos no edital de chamamento público.

Associação Parque Tecnológico APTSJC

O plano de trabalho estabelece para os próximos cinco anos objetivos estratégicos, com metas, indicadores e resultados em consonância com a missão e vocação do Parque Tecnológico.

O novo contrato, que deve ser assinado nos próximos dias, prevê investimentos anuais de R$ 9,8 milhões por parte da Prefeitura e contrapartida de R$ 7 milhões por parte da OS.

Esse modelo de gestão do Parque Tecnológico, através de uma Organização Social, vem sendo adotado desde a criação do complexo de inovação em 2006.

Avanços

Entre os avanços definidos no edital de chamamento público para administração do Parque Tecnológico está a previsão de que a OS também assuma a gestão do programa Startup São José.

Criado em dezembro de 2019 na Casa do Café, no Parque da Cidade, o programa tem o objetivo de incentivar a criação de novas startups no município. Atualmente, 18 startups estão incubadas dentro do programa.

OS (Organização Social)

A OS também continuará administrando as Galerias do Empreendedor localizadas nos bairros Putim e Campo dos Alemães, ambas com 10 estabelecimentos comerciais.

Prefeitura de São José dos Campos

O programa, criado pela Prefeitura de São José, apoia novos empreendedores que utilizam as galerias para desenvolver suas atividades, com capacitação para o mercado de trabalho por meio de mentorias, cursos e workshops, além de consultoria especializada em varejo.

Também está previsto no Plano de Trabalho aprovado a criação de novos APLs (Arranjos Produtivos Locais) e CDTs (Centros de Desenvolvimento Tecnológicos).

O Parque Tecnológico também atuará em parceria com a Prefeitura de São José dos Campos no processo de renovação da certificação do município como Cidade Inteligente, Sustentável e Resiliente.

Parque Tecnológico

O Parque Tecnológico, considerado o maior complexo de inovação e empreendedorismo do Brasil, foi criado por meio do decreto municipal nº 12.367/2006, de 4 de dezembro de 2006.

O núcleo do Parque foi instituído pela Prefeitura de São José com a aquisição de uma fábrica desativada, com uma área de 33 mil metros quadrados, composta por um hall de eventos e um centro empresarial.

Atualmente, esse núcleo tem mais de 55 mil metros quadrados de área construída, quatro centros empresariais, 330 empresas vinculadas, sendo 145 residentes, além de 11 laboratórios multiusuário e seis universidades.

Mais de R$ 2,7 bilhões já foram investidos no desenvolvimento do Parque, que gera atualmente 2.200 postos de trabalho.

Desde sua origem, o Parque tem a missão de promover a interação entre instituições de ensino e pesquisa, empresas, governos e entidades de fomento visando à inovação tecnológica.

O Parque também tem atuação destacada na criação de novas empresas de base tecnológica e aumento da competitividade das economias local e regional, colaborando para a geração de renda e novos empregos.

Parque Tecnológico de São José dos Campos considerado o mais avançado do país – Foto: Adenir Britto/PMSJC

Instagram