Moda fitness: dicas para montar look estilosos e confortáveis para esportes

Uma boa prática de atividades esportivas requer roupas confortáveis que garantem a respirabilidade da pele e liberdade de movimento. Confira algumas dicas antes de renovar as peças fitness no armário.

As roupas direcionadas para a prática de atividades físicas vêm conquistando cada vez mais espaço na indústria da moda. A diversificação dos modelos e das matérias-primas de diferentes peças, ajuda a compreender a explosão dessa indústria nos últimos anos.

Muita gente pensa que a moda fitness se resume à calça legging. Porém, as peças são muito mais diversas e podem englobar shorts-saia, macacões e regatas com material tecnológico que facilita a respirabilidade da pele e promove conforto para não atrapalhar as atividades.

Por isso, se você adora roupas para praticar esportes e precisa renovar aquelas que estão em seu armário, confira algumas dicas para montar looks capazes de unir estilo e conforto na hora das práticas esportivas.

T-shirts transparentes

Essa é uma peça básica e coringa, capaz de ser combinada com inúmeros materiais e cores ou estampas. Quem gosta de looks mais ousados, vale apostar em tops, ou sutiãs coloridos e de diferentes modelagens.

Os tops do tipo nadador são bastante indicados na hora de praticar esportes, pois eles garantem maior sustentação e proteção aos seios. Além de garantir o estilo, as t-shirts transparentes na cor branca refletem a luz solar, o que pode ser ótimo para quem pratica atividades físicas ao ar livre (em parques ou praças, por exemplo). Os decotes em gota são uma boa opção para esse tipo de t-shirts.

Leggins

As calças legging se popularizaram muito nos últimos anos e começaram a aparecer em outros espaços além de parques e academias. O uso de leggings em outros contextos originou o estilo athleisure, que reúne roupas fitness em outras ocasiões, criando looks versáteis e confortáveis.

A calça legging é uma roupa super versátil e adequada para a prática de atividades físicas, já que garante liberdade de movimento para o corpo. Algumas dicas para escolher uma boa legging são boa elasticidade, opacidade e respirabilidade.

Existem modelos em cintura alta ou em cintura baixa: vale escolher aquele com que você se sente mais confortável. O uso de legging é recomendado especialmente em dias mais frios ou quando você precisa de alguma proteção para as pernas durante as atividades físicas (durante o crossfit na praia, por exemplo).

Shorts-saia

Esse tipo de shorts teve origem nos anos 90 e conquistou cada vez mais espaço no mundo da moda fitness. Os modelos mais comuns são aqueles curtos e justos ao corpo, que combinam bem com regatas, tops ou camisetas. Mas existem modelos mais compridos, que se estendem próximo ao joelho.

A maioria dos shorts-saia tem o cós largo para comprimir o abdômen, enquanto outros modelos possuem cordão na cintura — feitos para você ajustá-lo melhor ao seu corpo —. Alguns destes shorts ainda possuem bolsos, o que oferece mais praticidade (na hora de ouvir uma música no celular durante a corrida, por exemplo).

É comum que essa peça apresente um volume maior do que um short comum. Assim, quem não deseja dar mais volume para o quadril pode optar pelos shorts-saia feitos de tecido mole (como o poliamida) e evitar os modelos com pregas. Se a sua intenção é a contrária, opte por tecidos mais estruturados.

Quem gosta de looks mais coloridos, pode apostar em leggings e shorts-saia em cores vívidas — como tonalidades neon —. Quem gosta de um look mais básico e discreto, pode apostar em regatas, tops brancos e calças pretas.

Um fator importante a ser considerado na hora de escolher a sua roupa fitness é o material da roupa. O dry-fit é um tecido que apresenta uma secagem super rápida e evita o superaquecimento do corpo. Já o moletom e o elastano costumam ser mais usados durante o inverno e são ótimos nos quesitos conforto e elasticidade.

Instagram