Jacareí recebe projeto da EDP que substituirá 476 luminárias da iluminação pública comum por LED

Prefeitura foi contemplada em Chamada Pública da EDP e receberá um investimento de cerca de R$ 525 mil. Lâmpadas de LED são mais eficientes, econômicas e sustentáveis

Hoje pela manhã foi realizada a assinatura do acordo para a implantação do projeto de eficiência energética da EDP, distribuidora de energia elétrica do Vale do Paraíba, que substituirá 476 luminárias da iluminação pública comum por LED, em Jacareí. A cerimônia, que seguiu todos os protocolos sanitários vigentes de combate à Covid-19, teve a presença do prefeito, Izaias Santana, e da diretora da EDP, Cristiane Fernandes.

Jacareí 

A substituição dos equipamentos tem início previsto para a segunda quinzena de outubro e terá conclusão em até 2 meses. Com o projeto, que tem investimento de cerca de R$ 525 mil pela EDP, será possível reduzir o consumo de energia da administração municipal referente a iluminação pública em aproximadamente 330 MWh/ano, o equivalente ao consumo médio anual de 137 famílias.

Lâmpadas de LED

A iniciativa foi contemplada na Chamada Pública de Projetos – CPP 001/2020 do Programa de Eficiência Energética da EDP, que é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. O projeto tem como objetivo incentivar a conservação e uso racional da energia elétrica, além de contribuir na diminuição do consumo de energia e redução também nos custos de manutenção para o município, uma vez que a durabilidade da lâmpada LED é muito superior ao sistema que estava sendo utilizado. O novo modelo de luminárias também gera menor impacto ambiental por não conter mercúrio e outros componentes nocivos em sua composição.

Diretora da EDP, Cristiane Fernandes

“É muito gratificante poder contribuir com o desenvolvimento sustentável das cidades de atuação da EDP e este projeto de Jacareí reforça nosso propósito em usar nossa energia para cuidar sempre melhor. As luminárias de LED possuem melhor luminosidade, com isso, contribuem para a segurança urbana, além de economia ao poder público municipal e  menor impactado ao meio ambiente”, afirma a diretora da EDP em São Paulo, Cristiane Fernandes

Em julho, a EDP também assinou o contrato de outros dois projetos para a eficientização da iluminação pública em Guaratinguetá e Pindamonhangaba. Ao todo, nas três cidades, serão substituídas aproximadamente 1.550 luminárias de iluminação pública comuns por LED.

Novos projetos

No mês de maio deste ano, a EDP divulgou o resultado da Chamada Pública de Eficiência Energética (CPP 001/2020), que contou com um investimento total R$ 4 milhões. Confira os projetos contemplados:

ProjetoTipologiaCidadeInvestimento EDP
Hospital das Clínicas de SuzanoHospitalSuzanoR$ 797.688,00
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSPPoder PúblicoGuarulhos, Itaquaquecetuba e SuzanoR$ 185.527,00
Comando da AeronáuticaPoder PúblicoGuaratinguetáR$ 623.463,00
Iluminação pública de GuaratinguetáIluminação PúblicaGuaratinguetáR$ 681.886,00
Iluminação pública de JacareíIluminação PúblicaJacareíR$ 524.667,00
Iluminação pública de PindamonhangabaIluminação PúblicaPindamonhangabaR$ 523.475,00

Com as seis iniciativas selecionadas pela Chamada Pública de Eficiência Energética da EDP, a Companhia contribuirá para que cerca de 124 toneladas de CO2 deixem de ser lançados na atmosfera no próximo ano.

EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.Siga a EDP em: Site | LinkedIn

Assinatura Jacareí – projeto EDP-Foto:Divulgação
Instagram